• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
moradias Trabalhamos para entregar 25 mil casas em dezembro, diz Temer Na ocasião, o presidente ressaltou que o País atravessa um momento difícil

Por: Agência Estado

Publicado em: 02/12/2017 11:38 Atualizado em: 02/12/2017 11:48

Foto: Beto Barata/Presidência da República
Foto: Beto Barata/Presidência da República

O presidente Michel Temer disse que seu governo está trabalhando intensamente para concluir obras inacabadas do programa Minha Casa, Minha Vida, em discurso durante evento de entrega de moradias em Limeira (SP). "Estamos trabalhando intensamente para entregar 25 mil casas em dezembro", afirmou. "Pegamos obras inacabadas e tocamos para frente, como vamos tocar mais 7 mil obras inacabadas até o final de 2018", ressaltou.

Dirigindo-se ao governador paulista Geraldo Alckmin e aos demais participantes da comitiva que o acompanhou no evento, Temer disse que estava acompanhando as entregas das moradias e se lembrou de pessoas que têm como maior sonho conseguir a casa própria. Ele disse que quando isso acontece a sensação é de que o progresso é inevitável.

O presidente ressaltou que o País atravessa um momento difícil. "Temos dificuldades, mas estamos trabalhando para superar essas dificuldades", ressaltou. Segundo ele, para isso é preciso muita fé. "A ideia da fé, da harmonia e da paz e não a história de brasileiros contra brasileiros e sim brasileiros juntos", enfatizou. 

Temer comparou o período do Natal, que, segundo ele, é um símbolo de renascimento, ao trabalho que seu governo tem feito. "Vamos ver se de hoje até 25 de dezembro continuaremos fazer renascer o Brasil." Ele finalizou seu discurso dizendo que tem muito otimismo e crê no povo brasileiro. 

Temer participou da cerimônia de entrega de 900 unidades habitacionais do condomínio Residencial Rubi III a V do Programa Minha Casa Minha Vida, em Limeira (SP). Participaram da cerimônia, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Wellington Moreira Franco, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.