• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
DENÚNCIA MPF acusa Cabral por propina de US$ 10,4 mi Ex-governador do Rio está preso desde novembro de 2016; a reportagem não localizou as defesas de Cabral nem de Arthur Soares Filho.

Por: AE

Publicado em: 11/10/2017 09:23 Atualizado em: 11/10/2017 09:29

O Ministério Público Federal no Rio apresentou nova denúncia contra o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) pelo suposto recebimento de US$ 10,4 milhões em propina. Além de Cabral, preso desde novembro de 2016, a Procuradoria da República acusa o empresário Arthur Cesar de Meneses Soares Filho, conhecido como "Rei Arthur", e mais cinco. "Rei Arthur" é acusado de fazer os pagamentos a Cabral em troca de benefícios do ex-governador em contratos de sua empresa.

A reportagem não localizou as defesas de Cabral nem de Arthur Soares Filho.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.