• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Homenagem TST entrega 40 medalhas da Ordem do Mérito do Judiciário do Trabalho A cerimônia se destina a agraciar personalidades e instituições civis e militares que tenham se distinguido no exercício de suas profissões ou servido de exemplo para a coletividade

Por: Agência Brasil

Publicado em: 11/08/2017 22:02 Atualizado em:

A presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e o presidente do TST, Ives Gandra Martins Filho, na entrega da medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (A presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e o presidente do TST, Ives Gandra Martins Filho, na entrega da medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
A presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e o presidente do TST, Ives Gandra Martins Filho, na entrega da medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
O Tribunal Superior do Trabalho (TST) entregou nesta sexta-feira (11), em Brasília, 40 medalhas da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. A cerimônia ocorre anualmente sempre no dia 11 de agosto, feriado no Judiciário, e destina-se a agraciar personalidades e instituições civis e militares que tenham se distinguido no exercício de suas profissões ou servido de exemplo para a coletividade.

Este ano, o Instituto Ayrton Senna recebeu a comenda. A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, recebeu o Grão Colar da Ordem do Mérito do Trabalho – o mais alto grau da condecoração. É possível ver a lista completa dos agraciados neste link.

A Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho foi instituída em 11 de novembro de 1970 com o objetivo de reconhecer o trabalho de pessoas que tenham contribuído para o engrandecimento do país. Não há número fixo de homenageados por ano.

 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.