• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Eleição de 2018 sem Lula é fraude eleitoral, diz Luiz Marinho O presidente estadual do PT ainda convocou a militância para ir às ruas contra a condenação de Lula

Por: AE

Publicado em: 15/07/2017 12:58 Atualizado em:

O presidente do diretório paulista do PT, Luiz Marinho, afirmou, neste sábado, na posse da direção local do partido em Diadema (SP), que se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não concorrer à eleição presidencial em 2018, o pleito será uma fraude eleitoral. "Processo eleitoral no ano que vem sem Lula candidato não é eleição democrática, é fraude eleitoral", disse. Lula também participa do evento.

Marinho pediu que a militância lote as manifestações contrárias à condenação de Lula pelo juiz federal Sergio Moro. "Precisamos fazer a nossa parte. A juventude poderia fazer umas pichações como antigamente...", sugeriu. "A indignação contra essa sentença tem de estar nas ruas. O povo que pode condenar ou não, eleger ou não uma liderança política", completou.

O presidente estadual do PT ainda convocou para uma manifestação na próxima quinta-feira (20) na Avenida Paulista, com concentração às 17 horas. "A manifestação é em defesa da democracia, eleição sem Lula é fraude, eleição direta, fora Temer e contra o desmonte da legislação trabalhista e da Previdência."

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.