• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
OAB de Minas aprova abertura de processo de impeachment contra Michel Temer Deliberação de mineiros será encaminhada para Conselho Federal da entidade, que discute o assunto neste sábado, em Brasília

Por: Estado de Minas

Publicado em: 19/05/2017 16:14 Atualizado em: 19/05/2017 16:17

Conselheiros também aprovaram PEC que prevê a realização de eleições diretas até seis meses antes do término do mandato do presidente. Foto: Divulgação/OAB-MG
Conselheiros também aprovaram PEC que prevê a realização de eleições diretas até seis meses antes do término do mandato do presidente. Foto: Divulgação/OAB-MG

A seção mineira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MG) aprovou nesta sexta-feira a abertura de processo de impeachment do presidente Michel Temer (PMDB). 

Os conselheiros também aprovaram apoio à PEC 227/16, em tramitação na Câmara dos Deputados, que prevê a realização de eleições diretas até seis meses antes do término do mandato do presidente. 

Participaram da reunião 101 conselheiros e diretores, dos quais 55 votaram a favor, 41 apresentaram divergências, 4 se abstiveram e um declarou impedimento. 

A deliberação dos mineiros será encaminhada ao Conselho Federal da OAB, que terá um encontro neste sábado, às 15h, para definir o posicionamento da entidade em relação a um possível processo de impedimento contra Temer. 

O plenário da OAB nacional é a instância máxima de deliberação da entidade – a mesma que deliberou por apresentar pedido de impeachment de Dilma Rousseff (PT) no ano passado. 

Participam da discussão 81 conselheiros federais, três de cada um dos 26 estados e do Distrito Federal. Os conselheiros são eleitos pelos advogados de todo o país.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.