• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Encontro Temer tem reunião com ministros e base aliada no Palácio da Alvorada A reforma da Previdência, cujo envio de projeto ao Legislativo foi prometido pelo governo até o fim desta semana, estará na pauta de discussões, além do limite do teto dos gastos públicos

Por: Agência Brasil

Publicado em: 27/09/2016 19:59 Atualizado em:

O presidente Michel Temer deu início à reunião com ministros e parlamentares da base do governo para discutir as viabilidades de aprovação, nas próximas semanas, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece teto para os gastos públicos e que tramita no Congresso Nacional. Este é o primeiro evento oficial de Temer no Palácio da Alvorada desde que assumiu definitivamente o governo com o impeachment de Dilma Rousseff.

Além dos líderes do governo no Congresso, todos os ministros foram convidados, além do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, e a Advogada-Geral da União, Grace Mendonça. Temer quer dar prioridade à PEC, cuja aprovação será um sinal de que o ajuste fiscal proposto pelo novo governo avançou. Alguns líderes de partidos da base aliada têm discutido o fechamento de questão entre suas legendas com o objetivo de garantir apoio à medida.

O secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, Moreira Franco, foi o primeiro a chegar ao Palácio da Alvorada, onde ocorre o encontro, antes mesmo da chegada de Temer e dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima.

A reforma da Previdência, cujo envio de projeto ao Legislativo foi prometido pelo governo até o fim desta semana, também estará na pauta de discussões, mas o limite do teto dos gastos públicos é o projeto prioritário do governo. De acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a matéria deve ser votada na Comissão Especial da Câmara até o dia 7 de outubro, e deve ser encerrada até novembro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.