• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Compromissos No Recife, Bolsonaro se posiciona contra política de gêneros e se diz saudoso do Regime Militar Deputado está na cidade para participar de uma agenda que inclui debates, audiência pública na Assembleia Legislativa e almoço com representantes da chamada "direita"

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 06/11/2015 09:25 Atualizado em: 07/11/2015 02:10

Bolsonaro falou sobre temas como educação e política de gênero em entrevista. Foto: Tércio Amaral/DP/D.A. Press
Bolsonaro falou sobre temas como educação e política de gênero em entrevista. Foto: Tércio Amaral/DP/D.A. Press

O deputado carioca Jair Bolsonaro (PP) está no Recife para participar de uma extensa agenda que inclui debates, audiência pública na Assembleia Legislativa e almoço com representantes da chamada "direita". O deputado concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira na Assembleia Legislativa e falou sobre questões como armamento e educação.

Perguntado se o sistema prisional seria sua prioridads caso seja eleito, Bolsonaro respondeu: "Não estou preocupado com quem está do lado de dentro. Minha preocupação é com quem está do lado de fora. A cadeia nao é para recuperar, é para tirar o canalha do convívio social. Eu prefiro a cadeia cheia de marginais do que o cemitério cheio de inocentes".

O político se mostrou saudoso do período do Regime Militar (1964-1985). "Na época do Regime Militar, você comprava armas na Mesbla (loja de departamento falida) e não tinha a violência que tinha hoje". O deputado também se posicionou contra a política de gênero. "Eu não sou contra os homossexuais. Sou contra o Kit Gay. Hoje o governo brasileiro está preocupado com quem as criancas vão ficar, enquanto no Japão as crianças resolvem operações matemáticas complexas". Sobre educação: "Se eu for presidente, meu ministro será um general que tenha comandado uma escola militar". 

Juntamente com seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), Jair Bolsonaro também participa de uma audiência sobre o Estatuto do Desarmamento a convite do Deputado estadual Joel da Harpa (PROS), na Alepe. Do lado de fora do prédio da Assembleia, militantes se manifestavam contra Jair Bolsonaro, chamando-o de fascista.

Militantes do lado de fora da Alepe. Foto: Tércio Amaral/DP/D.A. Press
Militantes do lado de fora da Alepe. Foto: Tércio Amaral/DP/D.A. Press
 
Na noite da quinta-feira, ao desembarcar no Recife, o parlamentar foi recebido como estrela por um grupo grande de militantes, predominantemente homens jovens e adolescentes.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.