• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Balanço Dilma: cem dias à procura de uma direção Presidente acaba o primeiro trimestre do novo mandato com dificuldades crescentes na relação com o Congresso e índices de popularidade derretendo

Publicado em: 10/04/2015 18:45 Atualizado em: 10/04/2015 18:46

Um governo que não começou. São exatos 100 dias, completados nesta sexta-feira (10 de abril), e a presidente Dilma Rousseff (PT) não conseguiu sair das cordas. A face mais visível da nova gestão nestes três primeiros meses, diante dos escândalos de corrupção que parecem não ter fim, é a paralisia. Pior: o desemprego bate na porta dos brasileiros e as projeções de crescimento para 2015 são as piores possíveis. O país do “governo novo, ideias novas”, vendido durante a campanha eleitoral, não conseguiu espantar o fantasma da inflação. Medidas impopulares foram tomadas diante da necessidade de ajuste urgente das contas.

Neste domingo, o Diario de Pernambuco publica reportagem retratando esse período inicial do segundo mandato presidencial da petista, como também os internautas poderão ver o especial preparado no nosso site sobre esses 100 dias.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.