• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
José Queiroz Prefeito de Caruaru se reúne com Banco do Brasil para discutir reforma do aeroporto da cidade

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 05/02/2015 10:17 Atualizado em:

O prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), esteve na tarde de ontem (04) na capital pernambucana para reunião na superintendência do Banco do Brasil sobre as obras de reforma do aeroporto da cidade do Agreste. Queiroz agendou o encontro com o objetivo de saber como anda a questão do aeroporto Oscar Laranjeira, cuja reforma ficou sob a responsabilidade do Banco do Brasil, conforme delegou o Governo Federal.

O prefeito foi recebido pela por representantes da superintendente estadual, que explicaram que toda a primeira fase de levantamento técnico foi cumprida pelo Banco do Brasil e que agora estão aguardando o posicionamento do Governo para que possam partir para a segunda etapa, a licitação da obra.

"Um aeroporto totalmente renovado e com voos comerciais daria um impulsionamento ainda maior ao crescimento de Caruaru. Como este é um assunto estratégico, estou sempre procurando informações até mesmo para atualizar o povo de Caruaru. O jeito é esperar e torcer que o Governo Federal priorize e toque essas reformas dos aeroportos", disse o prefeito.

Em maio do ano passado, o governo federal anunciou um pacote de R$ 1 bilhão para reformar 270 aeroportos do país. Em Pernambuco, 9 aeroportos seriam contemplados com investimentos de R$ 216 milhões. O aeroporto de Caruaru seria contemplado com cerca de R$ 25 milhões. Com melhorias, como ampliação de pistas e terminais, passaria a receber voos comerciais regulares.

Na ocasião, o início das obras estavam previstos para o segundo semestre de 2014, com início das operações já neste ano.

O então ministro-chefe da Aviação Civil, Moreira Franco, destacou, que o governo estuda um subsídio para tornar as tarifas aéreas nessas cidades competitivas em relação aos bilhetes de ônibus.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.