• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comício » Lula rebate discurso de "nova política", defende pré-sal e destaca perfil de Dilma

Juliana Cavalcanti

Publicação: 04/09/2014 22:53 Atualização: 04/09/2014 23:20

Foto: Ichiro Guerra/Divulgação
Foto: Ichiro Guerra/Divulgação
O ex-presidente Lula rebateu em seu discurso no comício realizado esta noite em Brasília Teimosa, no Recife, os boatos de que seria candidato pela terceira vez à presidência da República. Ele destacou que a opção pela ex-ministra e presidente Dilma Rousseff foi por sua competência comprovada. Lula ironizou, sem citar nomes, o slogan da "nova política" que vem sendo destacado pela candidatura do PSB, da ex-senadora Marina Silva.

"Tem gente falando de nova política que já foi vereadora, já foi deputada, já foi senadora. Se tem uma nova política ela é a Dilma, que nunca foi vereadora", disse, para destacar que o mundo vive uma crise econômica que não afetou o Brasil da forma que se esperava por conta das medidas tomadas pelo governo.

"O Brasil está no meio de uma crise. Essa crise não vai ser resolvida no curto prazo. Achavam que os Estados Unidos iriam resolver a crise, e não resolveram. Achavam que a Alemanha ia resolver a crise, mas não resolveu. E pensavam que ‘ela’ ia chegar mais forte no Brasil, porque os países iam deixar de consumir e isso iria gerar mais problemas para o Brasil. Eu pensei: preciso escolher alguém que possa cuidar do Brasil, cuidar como uma família", destacou.

Lula destacou a experiência e a coragem de Dilma Rousseff para justificar a escolha por sua candidatura e falou da coragem de Dilma para enfrentar as dificuldades. "Coragem de dizer par o Obama: não vou para os Estados Unidos porque você está nos espionando. Por isso eu gosto de citar o Chico Buarque, que disse: gosto da Dilma porque não fala grosso com a Bolívia, mas também não fala fino com os Estados Unidos. E se me perguntarem se eu penso, não preciso dizer porque eu quero Dilma mais quatro anos na presidência", discursou.

Ainda sem citar os nomes dos adversários, o ex-presidente criticou a proposta da candidata do PSB, Marina Silva, de colocar a exploração de petróleo do pré-sal em segundo plano. "Tem gente quer acabar com o pré-sal. Se for necessário me chame que eu vou lá no fundo buscar petróleo. É esse petróleo que vai dar a oportunidade de estudar. Oportunidade que eu não tive. É esse petróleo que vai dar a cada filho de trabalhador a oportunidade de estudar, se transformando em doutor. O futuro não é abstrato. O futuro é concreto e é agora. O futuro é hoje e o futuro é Dilma Rousseff para presidente da República", destacou o ex-presidente Lula.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.