• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Em Petrolina » Além de pedir votos para Dilma e Armando, Lula sai em defesa da reforma política

Diario de Pernambuco

Publicação: 04/09/2014 18:01 Atualização: 04/09/2014 18:07

Foto: Reprodução/ Twitter
Foto: Reprodução/ Twitter
Em Petrolina, no Sertão do estado, para reforçar as campanhas de Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e de Armando Monteiro (PTB) ao governo do estado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu em defesa da reforma política. Ele iniciou o discurso pedindo que as pessoas votem no plebiscito pela Constituinte Exclusivo pela reforma política. Em seguida, pediu votos para os aliados.

"Eu estou aqui orgulhosamente para falar a vocês que além de eleger a presidente Dilma, temos que eleger Armando", discursou. O petista disse não ter dúvidas que a pessoa mais preparada para tomar conta do país é a sua ex-ministra. Lula lembrou como foi feita a escolha dela como candidata à Presidência em 2010 e ratificou a decisão. "Sei que fui eleito por um povo que aprendeu a andar de cabeça em pé e que agora vai reeleger Dilma", acrescentou.

Como costuma fazer nos discursos realizados no Nordeste, o ex-presidente destacou que as gestões petistas reduziram as desigualdades entre as regiões do país. " O nordestino não nasceu para ser tratado como pessoa de segunda categoria. Quando investimos no Nordeste foi para deixar o Brasil mais igual", afirmou. Em seguida, ele elencou as realizações dos seus dois governos e do da presidente Dilma voltadas para a região. Citou, por exemplo, ter orgulho por ter sido o primeiro presidente "a botar um tijolo em uma universidade no Vale do São Francisco".

Também destacou as obras hídricas, lembrou a Transposição do Rio São Francisco, ainda inconclusa. "O cidadão que mora no Sudeste não tem noção do que é a seca para o povo. Eu quero festejar com vocês que ninguém vai morrer de sede", disse Lula.

O ex-presidente chegou à cidade por voltas das 15h. Ainda no aeroporto se reuniu com o senador licenciado Armando Monteiro (PTB) e o deputado federal João Paulo (PT), candidatos ao governo do estado e ao Senado, e com outros aliados, como o prefeito Julio Lóssio (PMDB). De lá, o grupo saiu em carro aberto para uma caminhada na Orla, onde foi instalado um palco para o comício.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.