• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Armando Monteiro » Educação como base de programa petebista Armando Monteiro propõe a interligação de todas as áreas da gestão pública para governar o estado

Larissa Domingues - CorreioWeb

Publicação: 31/08/2014 15:53 Atualização: 31/08/2014 16:06

Um dos desafios do próximo gestor de Pernambuco é melhorar a educação do estado, que ocupa, hoje, o 17º lugar no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) entre os 23 estados brasileiros. Prometendo fazer da área “a prioridade das prioridades” e criar o padrão pernambucano de educação, o candidato a governador Armando Monteiro (PTB) diz que é possível melhorar outros segmentos a partir do norte educacional.

Na saúde, por exemplo, uma das propostas do petebista é a criação do Mais Médicos Pernambuco, inspirado no programa do governo federal, sugerindo utilizar a Universidade de Pernambuco (UPE) na formação de capital humano e estimular a abertura de residências no interior. O objetivo é fixar os profissionais em diversas regiões. Também na saúde, o plano do senador prevê políticas que promovam mudanças de hábitos na população, visando a prevenção.

É também com políticas públicas de educação que Armando pretende amenizar os problemas da mobilidade urbana. O petebista diz que vai desenvolver campanhas de respeito às normas de trânsito. Isso minimizaria engarrafamentos e reduziria a epidemia dos acidentes, um dos principais fatores de superlotação na rede estadual de saúde.

O candidato, inclusive, tem enfatizado essa transversalidade da educação no horário eleitoral. “Vamos fazer da educação a locomotiva de todo o nosso projeto. Não foi à toa que escolhi o professor Paulo Rubem (PDT), estudioso dessas questões, para ser meu vice”, afirmou Armando em um dos programas. Paulo Rubem diz que o Sistema Estadual de Educação Básica é a melhor rede de proteção das crianças e adolescentes. Seria uma das saídas para a segurança pública. “Desde que esse sistema seja universal, sem evasão e repetências, é a melhor forma de afastar essa parcela do risco.”

Ainda na segurança pública, Armando planeja usar a educação para promover a melhoria na convivência das pessoas, estimulando a cidadania. Um dos focos é a prevenção ao uso de drogas entre os jovens.

Na área da cultura, o petebista disse que usaria a educação para desenvolver elementos que estimulem a sociedade a preservar os patrimônios culturais. Na formação profissional, a conexão entre o ensino médio e ensino técnico, utilizando as escolas de tempo integral, é a ideia de Armando para preparar os estudantes para o mercado de trabalho.

A Tecnologia da Informação e a Economia Criativa também estão contempladas. Ele pretende oferecer reduções inteligentes dos tributos para ampliar o polo de TI. Em contrapartida, vai propor aos empreendimentos que ofereçam soluções para melhorar a prestação de serviços públicos.

Saiba mais
Apoio da educação em outras áreas

Saúde
utilizar a UPE na formação de capital humano e estimular residências médicas no interior.

Mobilidade urbana
campanha de respeito às normas de trânsito

Segurança pública
prevenção do uso de drogas, sobretudo no público jovem

Cultura
políticas de preservarção dos patrimônios culturais nas diversas linguagens, como a literatura, cinema, música e teatro

Formação profissional
conectar o ensino médio e ensino técnico, utilizando as escolas de tempo integral

Tecnologia da informação e economia criativa
oferta de reduções inteligentes dos tributos estaduais para ampliar o polo de TI em Pernambuco. Em contrapartida, vai propor aos empreendimentos que ofereçam soluções tecnológicas para melhorar a prestação dos serviços públicos

Convivência com a seca
desenvolver campanhas para que a população compreenda as novas técnicas de convivência com a estiagem prolongada. Formas de como reservar e manejar a água em momentos de escassez e o estímulo a novos hábitos

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.