• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Caminhada » João Paulo e Paulo Rubem criticam coleta de lixo do Recife A dupla andou pelo Córrego de São Sebastião, em Água Fria, Zona Norte do Recife.

Larissa Rodrigues - Diario de Pernambuco

Publicação: 28/08/2014 22:10 Atualização: 28/08/2014 22:38

População convive com lixo acumulado no Córrego de São Sebastião. (Nando Chiappetta/DP/D.A Press.)
População convive com lixo acumulado no Córrego de São Sebastião.
À beira do canal, entre um amontoado e outro de sacos de lixo na rua e apertos de mão de moradores de uma comunidade simples, os integrantes da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, liderada por Armando Monteiro (PTB), realizaram, na tarde desta quinta-feira (28), mais uma caminhada.

O Córrego de São Sebastião, em Água Fria, Zona Norte do Recife, foi o cenário perfeito para dois dos membros do grupo criticarem a Prefeitura do Recife. Armando não compareceu à caminhada. A assessoria de imprensa do petebista informou que ele precisou gravar imagens para o guia eleitoral de última hora.

João Paulo e Paulo Rubem discursam à beira do canal e criticam acúmulo de lixo na comunidade. ( Nando Chiappetta/DP/D.A Press.)
João Paulo e Paulo Rubem discursam à beira do canal e criticam acúmulo de lixo na comunidade.
O candidato ao Senado João Paulo (PT) afirmou que é nessas agendas quando percebe "o quanto o lixo está tomando conta da cidade". "Conquistas mínimas que tínhamos conseguido, como a coleta, a população não está tendo", disparou.

Já o candidato a vice-governador de Armando Monteiro (PTB), Paulo Rubem (PDT), disse que fica "arretado" quando passa nas comunidades e ver o lixo acumulado. "Depois ficam construindo UPAs. Não adianta, o povo tem direito à saude", disparou Rubem.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.