• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fraude » Chefe de gabinete da Petrobras em Brasília é afastado

AE

Publicação: 28/08/2014 17:46 Atualização:

O chefe do escritório da Petrobras em Brasília, José Eduardo Barrocas, homem de confiança da presidente da companhia, Graça Foster, deixou o cargo. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que Barrocas caiu por causa do seu envolvimento numa suposta trama para fraudar a CPI da Petrobras no Senado.

Ele aparece num vídeo, revelado pela revista Veja, no qual discute com dois colegas da empresa as perguntas que seriam feitas a atuais e ex-diretores da petroleira pelos membros da CPI.

A ação seria acordada com o PT. Na gravação, Barrocas conta que enviara o "gabarito" com os questionamentos a Graça Foster. Desta forma, os depoentes teriam conhecimento prévio das perguntas que lhes seriam feitas pelos senadores da CPI.

O jornal apurou que Barrocas, que é funcionário de carreira, foi transferido para um cargo de assistente de Graça Foster no Rio de Janeiro. Ele comandava o escritório da petroleira em Brasília desde 2012, quando Graça assumiu o comando da empresa. Antes disso, trabalhou com Graça na BR Distribuidora.

O jornal "O Estado de S. Paulo" revelou ontem que a Polícia Federal já investiga a suposta fraude na CPI. Barrocas irá prestar depoimento em setembro. O cargo em Brasília está vago, mas é ocupado interinamente por Antonio Augusto Almeida Faria, chefe de gabinete de Graça no Rio.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.