• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mudança de estratégia » Depois da aproximação de Câmara nas pesquisas, Armando coloca propaganda na rua

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 28/08/2014 10:40 Atualização: 28/08/2014 11:23

Propaganda não atrapalha pedestres, mas demonstra uma mudança de estratégia. Corredores principais da cidade estavam sem publicidade do candidato. Foto: Filipe Barros/DP/D.A/Press (Foto: Filipe Barros/DP/D.A/Press)
Propaganda não atrapalha pedestres, mas demonstra uma mudança de estratégia. Corredores principais da cidade estavam sem publicidade do candidato. Foto: Filipe Barros/DP/D.A/Press

Saiba mais...

Preocupado com a aproximação do seu principal adversário na corrida pelo Executivo, Paulo Câmara (PSB), que cresceu 19 pontos nas intenções de voto, segundo o IBOPE,  o candidato da coligação “Pernambuco Vais Mais Longe”, Armando Monteiro (PTB), mudou a estratégia e colocou material de propaganda nas ruas nesta quinta-feira (28).

Em um dos principais pulmões viários do Recife, a avenida Agamenon Magalhães, as calçadas amanheceram com placas que estampavam a foto do trabalhista.  É  bem verdade que o material não atrapalhava a locomoção dos pedestres que transitavam pela via, mas a mudança de estratégia ficou constatada depois da medida tomada pela equipe de campanha.

No início da campanha, quando as bandeiras e os cavaletes do candidato da Frente Popular, Paulo Câmara, tomavam as avenidas e espaços públicos da cidade, Armando seguiu o mote da preocupação com a “poluição visual e sonora” que, segundo ele, o socialista provocava na cidade. O petebista, inclusive, enviou uma carta aberta para Paulo propondo um pacto de evitar as propagandas nas ruas, caso o seu concorrente aceitasse retirar também os cavaletes, bandeiras e carros de som.

Alguns socialistas, no entanto, enxergaram oportunismo na atitude de Armando, já que ele já tem um nome consolidado no cenário político e Paulo ainda era um nome desconhecido pela população, já que nunca ocupou um cargo político e se lança candidato pela primeira vez.

De acordo com a assessoria de Armando Monteiro, a preocupação do candidato tinha surgido com as várias denúncias direcionadas ao oponente governista nos meios de comunicação locais, além das reclamações de usuários das redes sociais.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: gesse vicente barbosa
o crescimento de paulo Câmara foi por conta da comoção pela morte de Eduardo Campos, mas logo a população volta ao seu estado normal e elegerá Armando e Dilma | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.