• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Proposta » Aécio Neves defende trabalho de voluntários

Agência Brasil

Publicação: 27/08/2014 16:35 Atualização: 27/08/2014 17:04

Foto: Igo Estrela/Coligação Muda Brasil
Foto: Igo Estrela/Coligação Muda Brasil
O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, disse hoje (27) que, caso eleito, irá apoiar iniciativas de empreendedores voluntários. Ele participou da cerimônia de lançamento do portal Vamos Agir, um site de apoio à sua candidatura tocado por voluntários.

“Estamos abrindo canais de participação da sociedade brasileira em nosso projeto, o Fórum Brasil, para buscar iniciativas de anônimos que procuram melhorar a vida de pequenas comunidades”, defendeu o tucano. Entre essas ações, ele mencionou a convocação para doações de sangue e para a limpeza de praças públicas.

“Muitas vezes não é o Poder Público que resolve a vida das pessoas, muitas vezes são as iniciativas da própria comunidade que melhoram a  vida no seu entorno”, pontuou o candidato. O candidato acrescentou que não mudará a estratégia de campanha até as eleições, em outubro, mantendo a rotina de disputar os votos em encontros com os eleitores nas ruas de todo o país.

Aécio Neves voltou a defender a proposta de criação do Mutirão de Oportunidades, que pretende dar estímulos a jovens na faixa de 18 a 29 anos que não tenham concluído os cursos do ensino médio e fundamental. A ideia é conceder uma bolsa no valor de um salário mínimo a cada um dos jovens para voltarem a estudar.

Pelos cálculos de seu programa de governo, existem cerca de 20 milhões de jovens nessas condições, sendo 11 milhões sem terem terminado o ensino fundamental. De acordo com o critério estabelecido, a medida será desenvolvida em localidades onde a taxa de abandono escolar ultrapasse 12%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.