• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Guia eleitoral » Na TV, poucos ataques entre os presidenciáveis

Cláudia Ferreira - Esp. para o Diario de Pernambuco

Publicação: 26/08/2014 22:12 Atualização: 26/08/2014 22:43

Os programas televisivos dos concorrentes à Presidência da República da noite desta segunda-feira (25) não investiram em ataques e priorizaram suas propostas. A candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) enalteceu os esforços de sua gestão na saúde pública e propôs avanços. Na oposição, Aécio Neves (PSDB) dedicou seu programa aos projetos na educação e Marina Silva (PSB), com menos tempo de guia, trouxe um discurso mais genérico.

O guia de Dilma Rousseff abordou a criação de programas como o Mais Médicos, que supriu uma parte da demanda de profissionais de medicina no país, e o Saúde Não Tem Preço, que promove a distribuição gratuita de medicamentos pelas Farmácias Populares. Apesar de exaltar os investimentos, a petista reconheceu que a necessidade de fazer o Sistema Único de Saúde (SUS) “funcionar bem” e prometeu ampliar a ação dos programas já existentes e propôs o Programa Mais Especialidades, para melhorar o acesso da população a consultas e exames especializados.

Dedicado à pauta de educação, o programa de Aécio Neves não atacou a gestão atual, mas o tucano afirmou que os jovens estão “desesperançosos” em relação ao futuro. Sua principal meta para sanar a evasão escolar é a implantação da Poupança Jovem, um programa de seu governo em Minas Gerais que promete financiar o retorno dos jovens à escola através do recebimento de uma bolsa ao concluir do Ensino Médio.

Marina Silva aproveitou o tempo destinado ao seu guia para apresentar o candidato a vice-presidente de sua chapa, Beto Albuquerque (PSB) e, juntos, lançaram mensagens de otimismo na campanha. Sem atacar diretamente, a recém-socialista alfinetou seus adversários que, “com tempo e dinheiro, fazem campanhas cinematográficas”, e, segundo ela, não refletem a real situação do Brasil.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.