• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Paródia de Roberto Carlos » Depois de ter vídeo retirado do Youtube, deputado Tiririca comemora sucesso no Whatsapp

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 26/08/2014 09:42 Atualização: 26/08/2014 10:30

A repercussão nas redes sociais do vídeo onde o deputado federal Tiririca (PR-SP) aparece fazendo uma paródia da música O portão, de autoria de Roberto Carlos e Erasmos Carlos, vem sendo comemorada pelo político humorista, mesmo após o Youtube ter retirado o vídeo de circulação depois de um pedido da editora EMI Songs. Tiririca foi o deputado federal mais votado do Brasil nas eleições de 2010, com 1,3 milhão de votos e é candidato à reeleição neste ano.

A campanha de Tiririca está comemorando a repercussão do vídeo principalmente no Whatsapp, onde é praticamente impossível de se ter controle dos compartilhamentos dos usuários, já que é usado por 38 milhões de brasileiros, sendo líder no país. De acordo com a equipe de comunicação, a viralização foi espontânea. Tiririca é conhecido como um dos mais assíduos na Câmara dos Deputados, mas teve poucos projetos aprovados ao longo do mandato.

Tiririca aposta pesado na comunicação e na propaganda eleitoral pela internet. Mesmo antes do guia eleitoral começar, o deputado já contava com um site pessoal que trazia toda a irreverência do humorista e tentava atrair as atenções dos eleitores com a divulgação de vídeos em que o candidato, fantasiado do personagem, aparece comentando sobre a experiência de ser deputado. A estratégia do Partido Republicano, sigla de Tiririca, visa repetir a performance de 2010 na disputa deste ano, angariando votos e fazendo calda para os demais candidatos republicanos.

Entenda o caso

Na letra da paródia retirada da internet, Tiririca usa um terno branco, coloca uma peruca e ainda brinca com um pedaço de carne, o chamando de “bifões”. Apesar de administrar os direitos autorais de Roberto Carlos, o pedido para a retirada do vídeo não partiu do cantor, e sim da própria editora EMI Songs. A paródia de Tiririca foi veiculada na última terça-feira (20) e ocupou o horário eleitoral reservado aos deputados federais do PR. Com a proibição, o conteúdo foi retirado do ar na página oficial do palhaço e deputado no Youtube, mas ainda circula na internet. O partido também não sabe se manterá a propaganda no guia eleitoral.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.