• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Estratégias » "Mentores" entram em cena nos guias de Armando Monteiro e Paulo Câmara

Cláudia Ferreira - Esp. para o Diario de Pernambuco

Publicação: 25/08/2014 22:33 Atualização: 25/08/2014 22:48

Seguindo a rotina dos guias eleitorais televisivos, os programas dos favoritos ao governo de Pernambuco da noite desta segunda-feira (25) exploraram as imagens de seus respectivos aliados de peso. Lula aparece elogiando e credenciando Armando Monteiro (PTB). Paulo Câmara (PSB) continua utilizando imagens gravadas do ex-governador Eduardo Campos, seu padrinho político falecido num trágico acidente aéreo há quase duas semanas.

Os oponentes se dedicaram a temas distintos, mas as estratégias foram as de sempre. Na oposição, Armando criticou a educação no estado. Paulo enalteceu os esforços da gestão atual na saúde pública e propôs avanços. O petebista mostrou a insatisfação dos professores da rede estadual com seus salários e condições de trabalho. Prometeu aplicar 50% dos royalties do pré-sal transferidos para Pernambuco em educação e garantiu ação em conjunto com os municipios na educação básica. O candidato manteve a estratégia de não atacar o governo de Eduardo Campos, de cuja base participou, mas afirmou que os avanços promovidos foram "insuficientes".

Novamente, o guia de Paulo Câmara evocou a memória do ex-governador e, mais que comover o eleitor, o uso exaustivo de sua imagem pretende convencer quem ainda tem dúvida de que o socialista, ainda desconhecido, é o candidato de Eduardo. Desta vez, no entanto, o programa esboçou um pouco mais de objetividade explorando a pauta de saúde pública. O candidato prometeu a construção de novos hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) capazes de atender a população da Região Metropolitana do Recife e das diversas regiões do interior de Pernambuco. As propostas foram exibidas numa conversa com seu padrinho político gravada no último dia 10, domingo dos pais no qual Eduardo completou 49 anos de idade.

Para o Senado


Os postulantes ao Senado Federal seguiram os passos dos que encabeçam suas respectivas chapas. O deputado federal João Paulo (PT), que concorre na chapa de Armando Monteiro, também contou com a presença de Lula em seu guia televisivo. O grande líder petista reforçou a experiência de seu correligionário, que o qualificaria ao cargo de senador da República.

Da mesma forma, Fernando Bezerra Coelho (PSB) segue se apoiando em Eduardo Campos, mas desta vez usou um tom mais otimista e menos melancólico. Suas contribuições para o desenvolvimento industrial de Pernambuco foram o principal tema explorado no programa do candidato da Frente Popular.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.