• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » TRE proíbe Pezão de usar prédios públicos na campanha Governador do Rio é candidato à reeleição

Agência Estado

Publicação: 24/08/2014 18:00 Atualização:

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) concedeu liminar proibindo que o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição no Rio, utilize bens, prédios e servidores públicos em suas atividades de campanha. Em caso de descumprimento da decisão da Justiça, o candidato do PMDB estará sujeito a multa de R$ 5 mil para cada transgressão. A liminar, concedida na última sexta-feira, 22, pelo desembargador Wagner Cinelli de Paula Freitas, também impede que a divulgação das agendas de campanha de Pezão inclua atividades em bens públicos.

A decisão foi motivada por uma representação da Frente Popular, coligação de partidos que apoia a candidatura de Lindberg Farias (PT) ao governo do Estado.

O núcleo jurídico da campanha de Pezão informou que vai recorrer da decisão do TRE. Segundo a assessoria de campanha do governador, Pezão "jamais fez campanha em prédio público".

"Pezão tem visitado os equipamentos do estado sem pedir voto, discursar ou distribuir qualquer material de campanha - o que é permitido pela legislação eleitoral e pode ser feito por qualquer candidato", declarou a assessoria de Pezão, em nota.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.