• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições 2014 » Mesmo sem discursar, Renata Campos rouba cena em primeiro ato de Marina em Pernambuco

Tércio Amaral

Publicação: 23/08/2014 22:33 Atualização: 23/08/2014 22:56

A ex-primeira-dama de Pernambuco e mulher do ex-governador Eduardo Campos, morto no acidente aéreo na cidade de Santos no último dia 13, Renata Campos, foi uma das figuras centrais do primeiro ato da campanha de Marina Silva (PSB) como candidata à Presidência da República nestas eleições. Num evento no Clube Internacional na noite deste sábado (23), no Recife, Renata ficou no centro do palanque, ao lado de três filhos, além dos candidatos da Frente Popular.

Renata chegou ao lado da comitiva formada por Marina Silva, o candidato ao governo de Pernambuco Paulo Câmara (PSB), o vice Raul Henry (PMDB), o candidato ao Senado Fernando Bezerra Coelho (PSB) e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Bastante aguardada, foi abordada por jornalistas logo no início do evento. Um dos filhos, o estudante de engenharia João Campos, logo anunciou que sua mãe não daria entrevistas.

 

Até chegar ao palanque, Renata foi abordada pelos militantes do PSB, que diziam que o legado de Eduardo iria continuar. Tímida, a ex-primeira-dama agradecia com o leve sorriso. O ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, um dos primeiros a discursar no evento, fez um agradecimento às duas mulheres no palanque, Renata e Marina. O ato levou a militância a aplaudir, de forma entusiasmada, a mulher do ex-governador, que foi substituído, dentro do partido, por Marina Silva, para concorrer à Presidência da República.

A expectativa era que Renata fizesse algum discurso no evento, o que não aconteceu. Num determinado momento, Renata Campos saiu do palanque para amamentar o filho mais novo, Miguel, de apenas sete meses. A ex-primeira-dama chegou a ser cotada como vice de Marina Silva nestas eleições. Nos bastidores, ficou conhecida como conselheira do marido, mas nunca disputou um cargo político. Sua presença em atos políticos deve reforçar o palanque de Paulo Câmara nestas eleições.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.