• (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Campanha tucana » Aécio Neves lança o Plano Nordeste Forte Presidenciável esteve em Salvador para apresentar sugestões para a melhoria de vida dos nordetsinos

Publicação: 23/08/2014 18:25 Atualização: 23/08/2014 18:31

Aécio faz campanha em Salvador. Foto: Igo Estrela/ObritoNews
Aécio faz campanha em Salvador. Foto: Igo Estrela/ObritoNews
O candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves, desembarcou neste sábado (23) em Salvador para lançar o programa "Nordeste Forte", tratado pela campanha como a maior vitrine do partido na região. Entre os principais pontos do projeto está a promessa de que as famílias nordestinas terão um renda per capita mínima de US$ 1,25 por dia.

Aécio também prometeu "evoluir o Bolsa-Família", tornando o programa uma "política de Estado". Uma das principais preocupações do presidenciável tucano nesta campanha é se blindar do que os tucanos chamam de "tática do medo", que consiste nos rumores de que uma vitória da legenda levaria ao fim dos programas de transferência de renda implantados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 
Em 44 ações, candidato a presidente do Brasil, se compromete com o desenvolvimento sustentável, a redução das desigualdades e a integração regional. O plano é dividido em sete eixos: Infraestrutura e Competitividade; Semiárido; Combate à Pobreza; Qualidade de Vida; Segurança Pública; Educação, Ciência e Tecnologia; e Juventude.

Veja:

Infraestrutura e Competitividade
Na área de infraestrutura, o Nordeste Forte conta com oito ações principais, entre elas a conclusão da Ferrovia Transnordestina, a expansão da malha ferroviária da região e a conclusão da Ferrovia Oeste-Leste, melhorias e duplicação de BRs em toda a região, e investimentos em energia e no infraestrutura turística.

Semiárido
Neste o eixo, o plano se compromete com a elevação da renda per capita, do IDEB e do IDH da região semiárida às médias da região Nordeste em uma década. As seis ações previstas incluem a implantação do Programa Decenal de Desenvolvimento do Semiárido, em parceria com os Estados e com elaboração de orçamentos plurianuais. Também há o compromisso com a conclusão da Transposição do São Francisco, além da revitalização do Velho Chico e a recuperação de sua foz. Integrar mananciais com ampliações por poços e cisternas, revitalizar pequenas barragens e investir no financiamento de projetos para captação e armazenamento da água das chuvas também são citados.

Combate à Pobreza
Aécio se compromete com a garantia da renda per capita mínima de U$ 1,25 por dia para as famílias nordestinas, conforme as metas do milênio, mantendo o Bolsa Família e o transformando em política de Estado e combatendo outras precariedades das famílias de mais baixa renda. Outro objetivo da candidatura de Aécio Neves é fazer com que a renda média domiciliar per capita nordestina chegue ao menos em 70% da média nacional em dez anos.

Qualidade de Vida
Para melhorar os índices de mortalidade infantil e materna e a desnutrição, entre outros, o Programa Saúde da Família será universalizado na região. Os gastos com saúde na região serão ampliados, assim como os serviços de saneamento. As políticas para as mulheres serão reforçadas, o programa Minha Casa, Minha Vida ampliado e haverá uma reforma urbana das médias e grandes cidades, com foco na mobilidade.

Segurança Pública
Reduzir em 30% as taxas de homicídio no Nordeste é o compromisso de Aécio com os nordestinos para os próximos anos na área de segurança pública. Para isso, o déficit do sistema prisional será combatido de forma especial na região, que contará com investimentos acima da média nacional. A Política Nacional de Segurança Pública a ser desenvolvida pelo já anunciado Ministério da Segurança Pública e Justiça terá um braço específico na região, que terá um Centro Regional de Inteligência.

Educação, Ciência e Tecnologia
Haverá a redução do percentual de pessoas sem instrução. Haverá incentivo à ampliação do percentual de professores com formação superior e o transporte escolar merecerá atenção especial do governo Aécio Neves. Um ousado programa de ciência contará com núcleos de ciência e tecnologia guiando soluções tecnológicas associadas às vocações regionais de cada microrregião. As Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs) serão potencializadas, seguindo as vocações locais e promovendo oportunidades de investimentos públicos e privados em infraestrutura, capital intelectual, ciência, tecnologia e inovação.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: José Lunguinho
Até o presente momento eu não captei nenhum presidenciável se comprometer com os aposentados que ganham acima do mínimo em tentar resolver a questão das perdas que atingem mais de 80 % e da aplicação para todos os beneficios de um reajuste único para todos. Estamos aguardando. Por enquanto, não temos | Denuncie |

Autor: José Silva
Excelente!!! essa proposrta. Finalmente aparece um candidato que quer mudar as condições atuais da população do nordeste para melhor. Temos que acabar com o curral eleitoral que os PeTralhas transformaram as cidades pobres do nosso Nordeste. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.