• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turismo » É preciso evitar casos como o de Cláudio, diz ministro

AE

Publicação: 22/08/2014 14:33 Atualização: 22/08/2014 21:02

O Ministro do Turismo, Vinicius Lages, defendeu nesta sexta-feira que o Brasil precisa desenvolver a infraestrutura aeroportuária para "servir os brasileiros onde precisa, e não onde não precisa", disse, em uma referência ao aeroporto de Cláudio (MG). "Construir um aeroporto que permita a aviação sem homologação é incompatível com o País que queremos", alfinetou. O ministro disse que a aviação regional deve ser desenvolvida de maneira a evitar "novos aeroportos de Cláudio" e defendeu que a expansão regional e o transporte aéreo sejam encarados como política pública.

O aeroporto de Cláudio foi construído pelo ex-governador de Minas Gerais e candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, em uma área desapropriada de um parente do político. A pista não tem autorização da Agência Nacional de Aviação Civil para funcionar, mas o candidato admitiu tê-la usado em visitas à fazenda da família.

Para Lages, os recursos do setor devem ser destinados para os principais destinos turísticos e polos econômicos ainda não servidos. Ele citou como exemplo a região gaúcha de Gramado e Canela, que embora receba cerca de 5 milhões de turistas por ano não conta com aeroporto próprio e é atendida por Caxias do Sul. "Não adianta ter oferta, precisa pensar nos elos que possam fazer (o tráfego) fluir", disse

 

Em nota, o presidente do PSDB de Belo Horizonte, o deputado estadual João Leite, respondeu às declarações do ministro. 

"É lamentável que o ministro manipule a realidade para fugir à sua responsabilidade. A obra do aeroporto de Cláudio faz parte de um programa de apoio aos aeroportos de Minas que beneficiou um terço dos aeroportos do Estado. O ministro devia explicar o fiasco da sua gestão e do governo que representa que chegou a anunciar a construção de 800 novos aeroportos regionais e não fez nenhum. Aécio construiu e entregou aeroportos para os mineiros. Dilma e o governo do ministro Lage preferiram investir recursos públicos em aeroportos de Cuba".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.