• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Críticas » Para o senador Humberto Costa, Marina Silva é "desagregadora e autoritária"

Publicação: 22/08/2014 11:49 Atualização: 22/08/2014 14:13

Ao lado de Armando Monoteiro, Humberto ainda fez questão de lembrar as ações do Governo Federal em Pernambuco, como o estaleiro Atlântico Sul, a refinaria Abreu e Lima e a transposição do Rio São Francisco. Foto: Lia de Paula/Agencia Senado (Lia de Paula/Agencia Senado)
Ao lado de Armando Monoteiro, Humberto ainda fez questão de lembrar as ações do Governo Federal em Pernambuco, como o estaleiro Atlântico Sul, a refinaria Abreu e Lima e a transposição do Rio São Francisco. Foto: Lia de Paula/Agencia Senado

Líder do PT no Senado, Humberto Costa, criticou a postura "desagregadora" da candidata à Presidência da República, Marina Silva (PSB). Segundo o petista, a candidata não tem "trabalho prestado por Pernambuco. "Marina Silva foi ministra comigo, passou quase oito anos como ministra do ex-presidente Lula. E quem achar um tijolo ou uma pá de cimento que ela botou em Pernambuco vai ser escolhido rei do nosso estado", afirmou Humberto, durante plenária com lideranças da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, ontem, à noite, no Recife.  

Para o senador, Marina "não representa o novo". "Dizem que Marina é o nome para mudar, que é o nome para transformar, mas eu a conheço. Ali representa o autoritarismo, uma visão atrasada que não quer progresso e nem desenvolvimento", disse.

Acompanhado do candidato da chapa ao Governo do Estado, Armando Monteiro (PTB) e do candidato a senador, João Paulo (PT), Humberto ainda fez questão de lembrar as ações do Governo Federal em Pernambuco, como o estaleiro Atlântico Sul, a refinaria Abreu e Lima e a transposição do Rio São Francisco. "Para a gente seguir tem que ter aqui em Pernambuco gente capaz de liderar o Estado, capaz de dar continuidade das parcerias com Dilma. E o nome para isso é o de Armando", defendeu.

Humberto ainda reforçou a importância e eleger João Paulo para uma vaga no Senado Federal. "João Paulo estará comigo, ao lado de Dilma e de Armando, defendo os interesses do nosso estado. Precisamos de um nome como o dele no Senado Federal, afirmou o petista.

 

Com informações da assessoria de Humberto Costa

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.