• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

TV » Câmara e Armando mostram ligação com Eduardo no primeiro guia eleitoral

Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicação: 20/08/2014 14:40 Atualização: 20/08/2014 15:48

O primeiro guia eleitoral dos candidatos ao governo do estado e ao Senado foram marcados por homenagens ao ex-governador Eduardo Campos, que faleceu no último dia 13 de agosto em acidente de avião. A propaganda do candidato do PSB ao Palácio das Princesas, Paulo Câmara, deu carga à comoção que marcou o velório e o enterro de Eduardo. Já o postulante do PTB ao mesmo cargo, Armando Monteiro, usou todo seu tempo na TV para falar sobre Eduardo e frisar que, mesmo estando em lados opostos nesta campanha, admirava o ex-governador.  

A primeira imagem da publicidade de Paulo foi de dois vaqueiros na caatinga, seguidas por cenas do ex-governador em câmera lenta, pessoas chorando no velório e com o pano de fundo musical “Pernambuco é o meu amor e Eduardo é o meu governador”. O programa exibiu depoimentos e imagens de rostos com lágrimas no enterro, sem esquecer de mostrar Eduardo ao lado de Paulo Câmara. O poeta Antônio Marinho citou versos sobre a líder socialista. “E o povo que perde o líder cresce mais na união, cada homem cada mulher, será mais um Eduardo cumprindo a missão”.

Quase no final do programa, Paulo Câmara deu um depoimento sobre o ex-governador e lembrou que tinha sido escolhido para sucedê-lo. “Eu vou estar todos os dias para continuar lutando a mesma luta, ampliando tudo que Eduardo começou. O sonho está mais vivo do que nunca. Vamos em frente, vamos avançar”, pontuou.

O símbolo do programa de Armando, o número 14, apareceu em preto e branco. Depois o senador licenciado entrou em cena, apenas ele, sozinho, falando sobre a relação que teve com o ex-governador, com quem teve divergências desde o ano passado. Citou nome a nome de todas as pessoas que faleceram no voo com Eduardo e prestou solidariedade à família. Colocou-se como protagonista para dar continuidade da gestão socialista. Exibiu imagens dele ao lado de Eduardo e de Lula, antes de saber que a iniciativa estava proibida pela Justiça Eleitoral.

“Este é um momento que todos compartilhamos essa perda, a inspiração para dar continuidade à obra de Eduardo. Sua ausência representa mais um desafio.  Esta, certamente, será a melhor forma de reverenciar o homem, o líder um grande governador “.

Os candidatos dos partidos menores, Jair Pedro (PSTU), Zé Gomes (Psol) e Miguel Anacleto (PCB) não refizeram seus programas e mantiveram a linha de críticas ao governo. Pantaleão, o candidato do PCO ao governo do estado, não enviou o programa para a emissora, mesmo depois de tanto tempo disponível para a preparação.

Outro ponto chamou a atenção no guia dos candidatos a deputado estadual. Os postulantes à vaga do PSL, PHS, PRP e PSDC apresentaram seus nomes sem ter, como pano de fundo, os candidatos ao governo e ao Senado do PSB, Paulo Câmara e Armando.  

Senado - O guia do candidato ao Senado Fernando Bezerra Coelho exagerou na medida da emoção. Houve uma produção de imagens de uma popular que deu depoimento sobre Eduardo e aguardava a passagem do caminhão do corpo de bombeiros com os restos mortais do ex-governador. Tudo montado previamente, em meio à comoção da morte do ex-governador. Fernando Bezerra também apareceu no vídeo com os olhos em lágrimas e descreveu sua trajetória ao lado do socialista.

João Paulo, que tinha discordâncias políticas do ex-governador desde 2012, também fez homenagem a Eduardo e as vítimas do avião, igualmente a Armando, citando nome por nome.  

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.