• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homenagem » Missa em memória a Eduardo Campos é celebrada em Casa Forte Do lado de fora, centenas de admiradores do homenageado e curiosos se acomodam na estrutura de toldos, telões e cadeiras

Cláudia Ferreira - Esp. para o Diario de Pernambuco

Publicação: 19/08/2014 20:07 Atualização: 20/08/2014 09:13

Uma multidão se agolera em estrutura montada do lado de fora da Igreja de Casa Forte. Foto: Victoria Arruda/Esp DP/D.A Press (Uma multidão se agolera em estrutura montada do lado de fora da Igreja de Casa Forte. Foto: Victoria Arruda/Esp DP/D.A Press)
Uma multidão se agolera em estrutura montada do lado de fora da Igreja de Casa Forte. Foto: Victoria Arruda/Esp DP/D.A Press
Acompanhada por uma multidão de espectadores, a missa de sétimo dia da morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) começou pontualmente às 20h na Igreja Matriz de Casa Forte, na Zona Norte do Recife. Dentro da igreja, familiares, amigos, autoridades e líderes locais do PSB, legenda que Eduardo defendeu por toda a vida. Do lado de fora, centenas de admiradores do homenageado e curiosos se acomodam na estrutura de toldos, telões e cadeiras montada para que todos pudessem assistir à celebração religiosa.

Confira a cobertura completa da morte e do sepultamento de Eduardo Campos

O filho João Campos foi responsável pela primeira leitura da missa celebrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. "Não estamos celebrando a morte, mas sim a vida do meu pai e de todos que se foram na queda do avião", lembrou o jovem, sereno.

As ruas ao redor da Praça de Casa Forte foram interditadas pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). O público que acompanhava do lado de fora tomou conta da Praça de Casa Forte. Mesmo com a igreja lotada, muitas pessoas ainda tentaram adentrá-la, para assistir de perto à celebração que ainda teve preces feitas por Maria Eduarda Campos, filha mais velha de Eduardo, e homília do Padre Edwaldo Gomes, pároco do bairro, sobre a importância da conscientização política.

Foi na Paróquia de Casa Forte que Eduardo e sua família organizaram, em duas ocasiões, uma missa de Ação de Graças em agradecimento às duas eleições ao Governo de Pernambuco vencidas por ele.


Com informações do repórter Thiago Neuenschwander

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.