• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Datafolha » "Agora é certo que a eleição vai para o segundo turno", diz prefeito Elias Gomes

Tércio Amaral

Publicação: 18/08/2014 11:19 Atualização: 18/08/2014 13:20

Foto: Kaue Diniz/DP/D.A. Press/Arquivo
Foto: Kaue Diniz/DP/D.A. Press/Arquivo

O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), avaliou positivamente a pesquisa do Datafolha divulgada nesta segunda-feira (18), que mostra a ex-senadora Marina Silva (PSB) na frente do candidato do seu partido, o senador Aécio Neves (PSDB). “O ganho é das oposições. Agora é certo que vai ter segundo turno. Segundo turno sempre é ruim para quem é governo”, declarou o tucano num evento organizado pelo PSB na Zona Norte do Recife na manhã de hoje.

 

“A pesquisa estava dentro do previsto. O que nos dar segurança é que Aécio Neves fica no mesmo patamar de Marina Silva. Quem perdeu foi Dilma Rousseff (PT)”, completou Elias, ressaltando que conversou neste domingo (17) com Aécio e que o candidato estaria “tranquilo”. Na pesquisa, Dilma Rousseff (PT) tem 36%, Marina Silva (PSB), 21%, e Aécio Neves (PSDB), 20%.

O presidente estadual do PSDB e deputado federal Bruno Araújo disse que a eleição, com a morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB), terá um novo cenário. O tucano disse o desempenho de Aécio Neves deve melhorar com o início da propaganda eleitoral nesta semana. Bruno também é uma das presenças do evento do PSB nesta segunda-feira (18).

“Os indecisos foram para Marina Silva. O eleitor de Aécio Neves continua com Aécio. Não houve essa variação negativa. O que muda, agora, são as estratégias”, completou. A estratégia do PSDB é tentar relacionar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa à reeleição, à candidata do PSB.

“Existem diferenças claras entre Marina e Aécio. Nós nunca fomos PT. Aécio nunca foi ministro. Aécio já teve experiência administrativa. Foi governador de Minas Gerais de forma exitosa”, alegou. A ex-senadora Marina Silva foi filiada ao PT e fez parte do governo do ex-presidente Lula, assim como o ex-governador Eduardo Campos. Marina também nunca foi eleita para um cargo Executivo.

Com informações da repórter Julia Schiaffarino, do Diario

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.