• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » Primeiros programas do PSB serão em homenagem a Eduardo Campos Segundo o ex-deputado Maurício Rands, a possibilidade de Renata Campos vir a ser candidata a vice na chapa à Presidência da República dependerá da vontade dela

Juliana Cavalcanti

Publicação: 17/08/2014 10:40 Atualização: 17/08/2014 15:37

O vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, disse que não vai comentar sobre assuntos políticos neste domingo. Ao chegar no velório do ex-governador Eduardo Campos (PSB), que acontece agora de manhã no Palácio do Campo das Princesas, Amaral disse apenas que os dois primeiros programas eleitorais do PSB já estão prontos e serão uma homenagem a Eduardo Campos. "Sucessão só na quarta-feira. Agora a gente está de luto. Eu não falo em política enquanto meu amigo não estiver enterrado", lamentou Roberto Amaral.

Confira a cobertura completa da morte e do sepultamento de Eduardo Campos

Já o ex-deputado federal Maurício Rands falou que Marina vai saber dar continuidade ao projeto de governo do partido. "Pode haver alterações no rumo porque as pessoas têm qualidades e atributos diferentes, mas eu percebi muita afinidade. O PSB e os outros partidos estão afinados par dar esta continuidade. Estou confortável de que Marina conduzirá da mesma forma. Na quarta-feira encerramos esse processo", afirmou Maurício Rands.

Segundo o ex-deputado, a possibilidade de Renata Campos vir a ser candidata a vice na chapa à Presidência da República dependerá da vontade dela. "Ela sempre preferiu o papel de retaguarda, mas é uma decisão que cabe a ela. O apoio de Renata é importante porque era um desejo de Eduardo que se continuasse com as candidaturas", disse.

Com informações da repórter Júlia Schiaffarino, do Diario de Pernambuco

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.