• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Disputa estadual » Paulo Câmara espera contar com Eduardo Campos em agenda no Sertão

Jairo Lima - Especial para o Diario de Pernambuco

Publicação: 10/07/2014 17:44 Atualização: 10/07/2014 18:13

O candidato da Frente Popular de Pernambuco ao governo do estado, Paulo Câmara (PSB), espera fazer mais uma agenda casada com o presidenciável Eduardo Campos (PSB) nesta semana. Os dois devem estar juntos na inauguração do comitê de Câmara neste sábado (12) no Recife e há a possibilidade de eles irem para o Sertão do estado. O candidato ao governo tem atividades marcadas para os municípios de Araripina e Afogados da Ingazeira. Nesta sexta-feira, Paulo Câmara pretende reeditar, possivelmente na comunidade de Roda de Fogo, no Recife. Seria a estreia dos eventos de rua da campanha.

Paulo Câmara deliberou que o seu candidato a vice-governador, Raul Henry (PMDB), estivesse à frente das articulações da coordenação das ações de campanha da Frente Popular na Região Metropolitana para intermediar o diálogo com as lideranças locais antes de sua chegada nas cidades. "Semana passada, Paulo me pediu para que eu ajudasse na Região Metropolitana porque tínhamos dedicado muito tempo ao interior na pré-campanha e dedicamos pouco tempo aqui na Região Metropolitana. Estamos conversando com as lideranças de cada município para não chegar nos municípios de cima para baixo, para incluir as ideias das pessoas no projeto. Vamos fazer uma campanha de acordo com a opinião das pessoas", revelou Henry.

O candidato socialista aposta nas suas peças publicitárias para diminuir o nível de desconhecimento da sua candidatura diante do eleitorado pernambucano, que, segundo levantamentos internos, chegam a 70% da população. "O nível de desconhecimento ainda é muito grande. No período de pré-campanha, não tivemos a oportunidade de fazer campanha mais próximo da população porque a lei eleitoral não permite. Fizemos campanha com vereadores, prefeitos, a população só vai se interessar com eleição a partir de agora", analisou. Entre as apostas de Câmara está a propaganda ganhando as ruas e o maior tempo entre os candidatos para o guia eleitoral de rádio e televisão - 10 minutos e 37 segundos. "É um tempo bom. Um tempo de nos apresentar, de discutir Pernambuco com ideias e propostas, é uma ferramenta para informação", avisou.

Os apoios de prefeitos de legendas adversárias ao seu palanque, assim como as perdas de aliados foram atribuídos à precipitação do debate das eleições municipais de 2016. Segundo ele, haveriam lideranças condicionando o apoio à Frente Popular a apoios futuros nos próprimos pleitos municipais. "Querem discutir 2016 em 2014. Estamos discutindo agora 2014, deixa 2016 para 2016. A gente mostra que o importante agora é discutir Pernambuco", relatou. Na noite desta quinta-feira, Paulo Câmara estará em evento no município de Jaboatão dos Guararapes, reduto tucano, ao lado do prefeito do município Elias Gomes (PSDB).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.