• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ficou em Pernambuco » Após derrota da Seleção, Campos evita campanha de rua

Agência Estado

Publicação: 09/07/2014 17:45 Atualização: 09/07/2014 19:52

Foto: PSB
Foto: PSB
Sem clima para retomar a agenda de campanha após o vexame brasileiro na Copa do Mundo, o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, desmarcou a visita ao Ceará e não teve agenda pública nesta quarta-feira (9). Diante da derrota por 7 a 1 da Seleção Brasileira para a alemã nesta terça-feira (8), Campos preferiu não enfrentar o mau humor do eleitorado e passou o dia no Recife (PE) fazendo gravações para a propaganda eleitoral.

O candidato daria início nesta tarde a uma semana de agenda focada no Nordeste, mas antes mesmo do jogo já cogitava a possibilidade de adiar a visita ao Ceará e fazer no Estado governado pelo ex-aliado Cid Gomes uma "agenda ampliada", incluindo municípios do interior. O candidato voltará ao corpo a corpo nesta quinta-feira, 10, em São Luís (MA) e na sexta terá uma programação no Rio Grande do Norte, provavelmente Natal e Mossoró.

Hoje, Campos conversou com aliados e concluiu que não seria apropriado colocar a campanha nas ruas um dia após a derrota brasileira nas semifinais. "Acho que é um dia triste, eu não iria (para rua) se fosse candidato", comentou Carlos Siqueira, coordenador da campanha do PSB. "Foi uma boa medida", emendou.

A preocupação da campanha neste momento é fugir da politização do resultado nos gramados. "Não podemos transparecer que estamos aproveitando este momento crítico", avaliou o deputado federal e presidente estadual do PSB em Minas Gerais, Júlio Delgado (PSB). "O clima está tão ruim que não dá para a gente medir se capitaliza ou não o desastre de ontem", completou.

Minutos após o encerramento da partida em Belo Horizonte, Campos usou as redes sociais para lamentar o resultado do jogo e dizer que está seguro de um retorno mais forte da seleção brasileira na Copa de 2018. O candidato evitou o discurso político. "O povo brasileiro fez uma festa linda durante toda Copa, mas o sonho do hexa foi, por hora, adiado", escreveu ontem.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.