• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

"O governo fez sua parte" » Humberto Costa não teme reflexo político para o fracasso da seleção

João Vitor Pascoal - Diario de Pernambuco

Publicação: 09/07/2014 11:27 Atualização: 09/07/2014 12:35

Foto: José Cruz/ABr  (Foto: José Cruz/ABr )
Foto: José Cruz/ABr
O uso político da derrota da Seleção Brasileira aparentemente não preocupa o Partido dos Trabalhadores. Pelo menos, na opinião do senador Humberto Costa (PT). De acordo com o petista, a oposição "naturalmente vai tentar se aproveitar do insucesso da Seleção", mas não tem "autoridade política" para isso.

Segundo o senador, os adversários políticos não estão em uma situação confortável para utilizar a goleada de 7x1 sofrida diante da Alemanha como artifício político, já que trabalharam para "desacreditar a Copa". O senador considerou a organização do mundial bem-sucedida e frisou que o cenário alertado pelos oposicionistas, no que diz respeito aos problemas de infraestrutura e aos protestos que seriam enfrentados durante o torneio, não se concretizou. "A oposição não levava em consideração nosso povo. Acho que o povo fez sua parte e o governo fez sua parte", pontuou.

Em entrevista a uma rádio local na manhã desta quarta-feira (9), o petista também fez questão de separar o insucesso da Seleção Brasileira do cenário eleitoral que se aproxima. "Um resultado como esse de ontem reforça um mau humor da população, mas as pessoas têm absoluta clareza de que são coisas diferentes".

O tão falado legado da Copa também foi abordado pelo petista. Segundo ele, a população vai usufruir das melhorias realizadas nos aeroportos, transportes públicos e mobilidade do país, apesar das muitas obras ainda inacabadas. "O legado continua, é um legado importante, muitas obras serão concluídas no segundo semestre", frisou.   

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.