• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » Eduardo Campos minimiza crescimento de Dilma na pesquisa Datafolha Ex-governador acredita que, quando o eleitor passar a conhecê-lo, seu percentual nas pesquisas vai aumentar muito mais, porque, no seu entender, ele é quem representa a mudança

Agência O Globo

Publicação: 04/07/2014 08:09 Atualização:

Tanto o governo quanto a oposição procuraram destacar dados positivos a seu favor da pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira no jornal "Folha de S.Paulo". Para o ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, o crescimento de Dilma Rousseff é uma tendência que vai se consolidar aos poucos, à medida que a população reconhecer o trabalho que o governo vem fazendo.

Já o presidenciável do PSB, Eduardo Campos, minimizou a subida de Dilma. Ele afirmou acreditar que, a partir do momento em que se tornar mais conhecido, conseguirá atrair os votos dos eleitores que desejam mudança. O candidato defendeu que ainda há um "nível de desinteresse muito grande na sociedade" pelo debate sucessório e que, quando a eleição se aproximar, e sua aliança com Marina se tornar conhecida, a dupla vencerá a eleição.

O tucano Aécio Neves preferiu destacar que a pesquisa indica que haverá segundo turno e que sua distância para Dilma diminuiu nessa comparação:

"Acho que, analisada a pesquisa de forma mais ampla, o que estamos percebendo de forma muito clara é que há um estreitamento na diferença em relação ao segundo turno, mesmo tendo a presidente da República 100% de conhecimento, o que não ocorre em relação aos candidatos da oposição. Essa pesquisa é muito positiva para a oposição. Garante o segundo turno e, acho, mostra que no segundo turno quem vence é a oposição".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.