• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mensalão » Dirceu ouve protesto ao fim de seu 1º dia de trabalho

Agência Estado

Publicação: 03/07/2014 19:48 Atualização:

Após seu primeiro dia de trabalho externo, o ex-ministro José Dirceu ouviu de uma pessoa que trabalha no edifício onde fica o escritório do advogado José Gerardo Grossi: "Fala sério, José Dirceu, o crime vale a pena". Rodeado de repórteres, Dirceu não fez nenhuma declaração. O escritório de advocacia onde ele começou a trabalhar nesta quinta-feira, 3, fica a cerca de quatro quilômetros do Palácio do Planalto, em prédio ao lado da Esplanada dos Ministérios.

O ex-ministro chegou pela manhã, pouco depois das 8 horas, e deixou o local às 18h04, em uma caminhonete de luxo, como passageiro, falando ao celular. O salário mensal de Dirceu será de R$ 2,1 mil.

Dirceu estava preso desde novembro do ano passado e esta semana foi transferido do presídio da Papuda para o Centro de Progressão Penitenciária (CPP), ambos no Distrito Federal. No CPP ficam os presos com autorização para trabalhar fora da cadeia. Dirceu foi condenado a pena de 7 anos e 11 anos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.