• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

AVC » Júlio Lóssio escreve carta emocionante para o povo de Petrolina antes de passar por cirurgia Prefeito da cidade mais importante do Sertão está se submentendo desde o início da manhã a uma operação para retirar um coágulo de sangue no cérebro. Esta é a segunda vez que Julio sofre um AVC. O primeiro foi em 2002.

Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicação: 03/07/2014 08:44 Atualização: 03/07/2014 10:30

Prefeito diz que precisa se afastar para cuidar da saúde, mas frisa ter esperança de que ficará bem Julio Jacobina/DP/ D.A Press (Julio Jacobina/DP/ D.A Press)
Prefeito diz que precisa se afastar para cuidar da saúde, mas frisa ter esperança de que ficará bem Julio Jacobina/DP/ D.A Press
O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), escreveu uma carta emocionante hoje (03), antes de entrar na sala de cirurgia, onde passará dez horas fazendo uma operação para remover um coágulo de sangue do cérebro, provocado pelo segundo Acidente Vascular Cerebral (AVC) de sua vida, sendo o primeiro em  2002. 

O texto foi direcionado à população de Petrolina, que o reelegeu em 2012, mesmo ele sendo considerado, na época, como o único prefeito de oposição em Pernambuco. A cirurgia se realiza exatamente uma semana após Lóssio se internar no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, após sentir fortes dores de cabeça. “Diante do que tenho passado, só cresce em mim a certeza de que precisamos fortalecer, cada vez mais, o aprendizado de nossas crianças. Um dia, qualquer um de nós poderá estar nas mãos de uma delas”. Confira o texto na íntegra:

"Meu querido povo de Petrolina".

Minha vida foi forjada em grades batalhas. Desde muito cedo, aprendi a enfrentar os desafios e honrar as conquistas.

Hoje, caminho para mais uma grande luta. Desta vez, minhas habilidades pessoais, minhas vontades, meus desejos e meus conhecimentos não serão o principal fator responsável pelo resultado. Agora, estou confiante e seguro nas mãos dos médicos e na vontade do nosso Pai Maior.

Diante do que tenho passado, só cresce em mim a certeza de que precisamos fortalecer, cada vez mais, o aprendizado de nossas crianças. Um dia, qualquer um de nós poderá estar nas mãos de uma delas. Assim, quanto mais as crianças forem bem formadas, mais seguros todos estaremos.

Venho agradecer a todas as orações vindas das mais variadas partes e dos mais variados credos religiosos. Nunca me senti tão querido e amado pelo meu povo, que tanto bem já me proporcionou, e pela minha família que me acompanha com o carinho de sempre.

Agradeço o apoio incondicional da minha esposa, dos meus filhos, da minha mãe, do meu irmão, dos meus amigos e demais familiares.

Sentir tanto carinho nestas horas é confortante e faz-me crer que a vida, seja ela longa ou breve, vale a pena ser vivida intensamente. Estou feliz. Sou feliz.

De tudo o que tenho vivenciado, duas coisas ainda me inconformam: uma criança sem escola e uma família sem teto. Esses que deveriam ser os pilares do nosso Estado. Das nossas lutas. Das nossas vidas.

Nossa Petrolina, contudo, é maior e mais importante do que cada um de nós individualmente, e é por isso que ela é tão forte.

Assim, peço licença ao meu povo para um período de ausência das atividades administrativas em nosso município. Preciso me afastar para cuidar da minha saúde, na esperança de que ficarei bem e de que logo estarei de volta. Com as bênçãos e a proteção de Deus.

Como cidadão e como manda a bíblia, estarei orando por nossos governantes. Esteja eu, onde estiver.

Que Deus continue nos abençoando nesta nossa caminhada.

Júlio Lóssio

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.