• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homenagem » Deputados destacam luta de Brizola por educação e justiça social

Agência Câmara

Publicação: 02/07/2014 18:58 Atualização:

Em sessão solene realizada nesta quarta-feira (2), a Câmara dos Deputados homenageou a trajetória política de Leonel Brizola, líder trabalhista que fundou o PDT e governou o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro. Ele morreu em 21 de junho de 2004, vítima de infarto.

O autor da sugestão da homenagem, deputado André Figueiredo (PDT-CE), afirmou que a figura do político ultrapassa as questões partidárias, ideológicas e econômicas, e é respeitada por todos que conhecem sua biografia. "Um dos maiores fatos políticos da história do Brasil foi a Rede da Legalidade, quando Brizola conseguiu mobilizar o País para garantir a posse constitucional do então vice-presidente João Goulart, em 1961", lembrou.

Em mensagem enviada ao Plenário, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, salientou que o político teve uma trajetória notável na vida pública, com dedicação e vigor no enfrentamento dos desafios nacionais. "É preciso destacar a visão, inteligência e originalidade com que Leonel Brizola soube compreender e interpretar as principais questões de seu tempo, em meio às complexas relações de interesses vigentes", apontou.

Líder do PDT, o deputado Vieira da Cunha (RS) disse que Brizola teve uma trajetória destacada também na política internacional. "Ele faleceu como vice-presidente de honra da Internacional Socialista, organização político-partidária que reúne hoje mais de 160 partidos, com trabalhistas, social-democratas e socialistas de todos os continentes", destacou. "Se tivesse que definir em uma só palavra quem foi Leonel Brizola, não titubearia em responder: foi um patriota", completou.

Vocação
Para o líder do governo, deputado Henrique Fontana (PT-RS), Brizola fez da política a sua vocação e transformou a sociedade. "Ele contribuiu profundamente para que o Brasil fosse hoje melhor. É um desses líderes que marca o seu tempo e deixa exemplo", declarou.


Segundo o deputado Mauro Benevides (PMDB-CE), Brizola era um homem que não se deixava intimidar mesmo nas situações desfavoráveis. Benevides lembrou que, mesmo no exílio, Brizola estava em contato permanente com o que se passava no território brasileiro.

Por sua vez, a líder do PCdoB, deputada Jandira Feghali (RJ), registrou a ligação de Brizola com o povo. "Ele se uniu aos cidadãos marcando seu vínculo com a educação, a cultura e o mundo do trabalho", comentou.

 

Legado Para o líder do PSB, deputado Beto Albuquerque (RS), rever Leonel Brizola e seu legado não é apenas uma questão de memória. "Olhar para as ideias que o líder gaúcho defendia é um farol para uma nação que se quer soberana e socialmente justa."


Já o deputado Chico Alencar (Psol-RJ) afirmou que Brizola era "esperançoso na adversidade e tinha uma capacidade de comunicação invejável, conseguia falar à alma do povo". O deputado Rubens Bueno (PR), líder do PPS, registrou que Brizola serviu de inspiração aos demais políticos para a ampliação da democracia e da educação.


Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.