• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Orçamento » Depesas com pessoal após concurso da Câmara será de R$ 93,4 mihões

Ana Luiza Machado

Publicação: 02/07/2014 17:13 Atualização: 02/07/2014 18:00

O concurso da Câmara do Recife será organizada pela Fundação Getúlio Vargas (Carlos Lima/Câmara do Recife)
O concurso da Câmara do Recife será organizada pela Fundação Getúlio Vargas
A Câmara do Recife anunciou ontem (1º), por meio de coletiva, que o lançamento do edital do concurso para preencher vagas na Casa será publicado no próximo sábado (5) e as provas realizadas no dia 28 de setembro. Serão 78 vagas, sendo 36 para nível superior e 42 para nível médio. O menor salário é para o cargo de assistente administrativo legislativo (R$ 1.445,00) e o maior para quem assumir o posto de assessor jurídico (R$ 7.588,00).

Durante o anúncio, os jornalistas questionaram qual era a despesa atual da Câmara com o quadro pessoal, conforme registrou o Blog de Política, mas o primeiro-secretário da Casa, Augusto Carreras (PV), afirmou que não estava com os números em mãos no momento. Procurado pela reportagem nesta quarta-feira (2), o vereador estava em reunião plenária, mas explicou que os números não foram fornecidos na hora porque "não os tinha de cabeça", e que não há motivos para se esconder nada já que as despesas estão publicadas no Portal de Transparência.

A reportagem teve acesso à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2013, que estima receita e fixa despesa da Prefeitura do Recife para 2014 e na peça diz que as despesas com o Legislativo Municipal somam R$ 112 milhões, sendo R$ 88,4 milhões exclusivos para despesas com pessoal e encargos sociais. O acréscimo financeiro anual que a seleção provocará ao Legislativo municipal foi calculado em R$ 5 milhões. Com isto, os custos com pessoal passarão para R$ 93,4 milhões.

A Câmara do Recife  não realizava concurso público desde 1988 e conta atualmente com 1.514 funcionários, sendo 1.054 comissionados e apenas 23 efetivos. Segundo o presidente do Legislativo do Recife, Vicente André Gomes (PSB), a realização da seleção pública "trata-se de uma real necessidade de apoio à estrutura da Casa. Suporte funcional e jurídico são de extrema importância".  

As inscrições vão de 14 de julho a 6 de agosto e vão custar R$ 80 (nível médio) e R$ 90 (nível superior).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.