• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bate-rebate » Augusto César diz que desqualficar Armando Monteiro é desespero dos socialistas

Ana Luiza Machado

Publicação: 30/06/2014 20:15 Atualização: 30/06/2014 21:15

O deputado Augusto César (PTB) criticou a postura do colega de Casa Waldemar Borges (PSB) chamando de
O deputado Augusto César (PTB) criticou a postura do colega de Casa Waldemar Borges (PSB) chamando de "velha política" a desqualificação a Armando Monteiro Neto (PTB)
As declarações desta segunda-feira (30) do líder da bancada governista na Assembleia Legislativa, Waldemar Borges (PSB), contra o senador e candidato ao governo pelo PTB, Armando Monteiro Neto, não ficaram sem resposta. Os socialistas, mesmo sem detalhar, estão afirmando de forma recorrente que o candidato petebista não tem experiência na esfera pública e que não foi um bom gestor nas empresas privadas que administrou. Os aliados de Armando, por sua vez, criticam este tipo de discurso de desqualificação e alegam falta de conteúdo por parte dos adversários.

"O deputado Waldemar Borges foi muito infeliz e suas declarações foram equivocadas ou então, passaram o dever de casa errado pra ele. Conheço Waldemar e tenho certeza que o julgamento que ele fez de Armando é diferente do que ele pensa", afirmou o deputado estadual Augusto César (PTB). Ele também comentou que diferente do que os socialistas vêm pregando no discurso sobre a "nova política", este tipo de debate é "a cara da velha política suja e baixa, que não serve para a população".

Augusto César também rebateu que o senador Amando Monteiro nunca foi "apadrinhado" por ninguém e tudo o que conquistou foi "fruto da sua competência". Ele atribuiu os ataques ao candidato do PTB como "desconhecimento" e "desespero" dos aliados de Paulo Câmara (PSB), adversário na disputa ao governo estadual. "Ele (Waldemar Borges) tem dificuldade de entender sobre setor privado, já que sempre viveu dentro de governo. Está falando sobre o que não conhece. As pesquisas mostram que Armando está na frente. A população apoia Armando espontâneamente. Eles estão se desesperando", disse Augusto César.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.