• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições 2014 » Silvio Costa diz que Eduardo Campos quer fundar a "chefocracia" em Pernambuco

Tércio Amaral

Publicação: 29/06/2014 15:04 Atualização: 29/06/2014 17:42

Conhecido pelos discursos polêmicos, o deputado federal Silvio Costa (PSC) centrou seu discurso na convenção do PTB, que está sendo realizada neste domingo (29) na cidade de Caruaru, no Agreste do estado, em críticas ao ex-governador e candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB).

“Ele (Eduardo) não apoiou Lyra porque Lyra é independente. Alguém acha que o prefeito do Recife (Geraldo Julio) faz algo sem falar com o chefe? Faz nada. Ele (Eduardo) quer criar em Pernambuco a chefocracia”, alfinetou.

O discurso do PTB nesta eleição é de que o principal adversário, o ex-secretário e candidato ao governo Paulo Câmara (PSB), não tem perfil político, ao contrário do senador Armando Monteiro Neto (PTB).

 

Silvio Costa também saiu em defesa das gestões do PT na Presidência da República e chamou o ex-governador Eduardo Campos de “ingrato”. Campos, até recentemente, era aliado dos petistas nacionalmente.

"Tudo o que aconteceu em Pernambuco, todo esse grande desenvolvimento, foi graças à cabeça e à paixão de Lula e Dilma. Então, lamento que o ex-governador tenha tomado essa decisão equivocada. Aqui ele quer criar o novo coronelismo, que pior porque é travestido, porque diz que é nova política”, completou.

 

Com informações da repórter Julia Schiaffarino, do Diario

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.