• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Palanque de ex-presidente » Lula: Política aos olhos do povo parece coisa vergonhosa

AE

Publicação: 27/06/2014 13:58 Atualização: 27/06/2014 15:20

Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula
Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula
Depois de ter divulgado um vídeo esta semana no qual disse que a reforma política no Brasil é "necessária e urgente", o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou o seu discurso durante convenção estadual do PT em Salvador (BA) pedindo à militância petista que se engaje nessa causa. "A verdade é que nós precisamos de uma reforma política. Não podemos continuar nessa situação de organização partidária em que nós nos encontramos", afirmou.

Segundo Lula, é preciso trabalhar para "moralizar a política". "Estamos vivendo um momento de muito descrédito na política brasileira", afirmou. O ex-presidente disse ainda que a política "aos olhos do povo parece uma coisa vergonhosa". "Aos olhos do povo parece que todo mundo é igual. Parece que todo mundo é bandido", disse.

Lula afirmou que é preciso conquistar a juventude e despertar um sentimento para que a população perceba a importância de fazer política. "Temos que dizer à nossa juventude que nós fazemos política que temos orgulho de fazer política e que temos orgulho do partido a que pertencemos", afirmou. "E se tiver alguma coisa errada, vamos tratar de acertar", completou.

Para o ex-presidente, quem sofre mais é a maioria que não se envolve com política, pois ela acaba sendo comandada por uma "minoria esperta". "A desgraça de quem não gosta de política é que é governado por quem gosta", afirmou. Segundo ele, "negar a política é a pior coisa que pode ocorrer a uma nação". "Nós temos não só que gostar, mas que praticar política, temos que ter orgulho daquilo que nós fazemos", afirmou.

Ontem, na abertura do Encontro Estadual, o partido homologou as candidaturas Rui Costa para o governo da Bahia e de Otto Alencar (PSD) para o Senado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.