• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Matemática tucana » Aécio Neves faz segunda visita a Pernambuco em menos de 10 dias

Júlia Schiaffarino

Publicação: 27/06/2014 09:35 Atualização: 27/06/2014 11:00

Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press/Arquivo
Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press/Arquivo

Desembarca hoje em Pernambuco, para a segunda visita ao estado em menos de 10 dias, o candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB). Na semana passada, ele veio para receber um título de cidadão e fazer promessas de um programa específico para o Nordeste. Desta vez, deve apenas circular por algumas horas pelo Pátio do Forró, em Caruaru, no Agreste, durante uma agenda apertada. A viagem que faz à região terá outras duas paradas: Paraíba e Piauí.

“Considerando as três últimas eleições, nunca tivemos um cenário tão favorável no Nordeste”, comentou o coordenador da campanha de Aécio em Pernambuco, André Régis. Na última eleição presidencial, o PSDB perdeu para o PT na região por uma diferença de 10 milhões de votos. Um saldo negativo que os tucanos estão confiantes em diminuir. “Perder está no nosso cálculo, mas vamos perder com uma diferença menor que no passado”, completou.

A matemática tucana tem projetado vitórias no Sul e Sudeste. Em São Paulo e Minas Gerais, os tucanos esperam ganhar. O Nordeste e o Norte entram como um contraponto, no qual o PSDB sabe que não pode fazer feio para não pesar no resultado final.

Na avaliação de cenário feita por Régis, a candidatura de Eduardo Campos (PSB) em oposição ao PT será decisiva para um segundo turno, especialmente em Pernambuco. “Cada voto para Eduardo Campos é um voto para Aécio Neves no segundo turno”, declarou.

O PSDB também tem apostado em uma maior identificação de Aécio com o Nordeste em relação aos candidatos tucanos anteriores: José Serra e Geraldo Alckmin. Para reforçar isso o senador faz promessas de “um choque de infraestrutura na região”, discurso que procura se contrapor ao do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “O PAC foi decisivo na eleição de 2010, mas se exauriu e o Nordeste segue carente de obras infraestruturadoras que também significam emprego”, acrescentou Régis.

Trunfos tucanos no Nordeste

Alagoas

O PSDB governa o estado com Teotônio Vilela que trabalha para a eleição do sucessor, o ex-secretário de Defesa Social Eduardo Tavares

Bahia
Uma aliança garantiu a Aécio o palanque de Paulo Souto (DEM), candidato apoiado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM)

Ceará
Tasso Jereissati (PSDB) é o nome forte dos tucanos no estado. É cotado para a vice de Aécio, mas pode ser lançado ao Senado na chapa de Eunício Oliveira (PMDB)

Maranhão
PSDB e PSB estão unidos em prol da candidatura de Flávio Dino (PCdoB)

Paraíba
Terão como candidato o senador Cássio Cunha Lima (PSDB)

Pernambuco
Estão no palanque do PSB, mas contam o fator Eduardo Campos para puxar votos de Dilma

Piauí
Apoiam o ex-prefeito de Teresina, Silvio Mendes (PMDB), para vice em chapa

Rio Grande do Norte
O espaço para Aécio foi garantido em uma aliança com o DEM.

Sergipe
Estado do Nordeste onde o PT teve votações mais baixas em relação aos demais da região

 

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.