• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aparar arestas » Na reunião do conselho político de Paulo Câmara, 12 partidos comparecem A coligação Frente Popular de Pernambuco conta com 21 legendas

Jairo Lima - Especial para o Diario de Pernambuco

Publicação: 26/06/2014 16:43 Atualização: 26/06/2014 17:48

Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press/Arquivo
Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press/Arquivo
A primeira reunião do Conselho Político da Frente Popular de Pernambuco, realizada em um hotel no bairro do Pina, foi aberta pelo candidato ao governo do estado, Paulo Câmara (PSB). Ele indicou seu candidato a vice, Raul Henry (PMDB),  para ser coordenador do grupo de dirigentes partidários. Paulo Câmara convocou os representantes de pelo menos 15 das 21 legendas a participarem da construção do programa de governo, além de se engajarem politicamente para a corrida eleitoral.

Segundo o candidato do PSB, a coligação conta com os partidos para vencer a eleição e também, em 2015, quando for governador. Câmara aponta aos aliados um crescimento da campanha, que ganhará as ruas a partir de dia 6 de julho.

Primeiro a deixar a reunião para cumprir sua própria agenda, o presidente estadual do DEM, deputado federal Mendonça Filho, revelou que os partidos vão indicar representantes até dia 4 de julho para darem contribuições para a elaboração do plano de governo.

Na reunião, estavam presentes, além de Mendonça filho, os deputados federais Augusto Coutinho (SDD), Bruno Araújo, presidente estadual do PSDB, André de Paula (PSD) e Inocêncio Oliveira, presidente estadual do PR; o deputado estadual Betinho Gomes (PSDB), além dos vereadores Fred Oliveira (PEN) e Gilberto Alves (PTN). Também compareceram Edna Costa (PPL), Luciano Moura (PCdoB), Carlos Augusto, presidente do PV, e Gilson Lima (Pros).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.