• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pela CPI da Petrobras » Mendonça Filho quer suspensão do recesso no Congresso

Publicação: 26/06/2014 14:17 Atualização: 26/06/2014 14:22

Foto: Alexandre Amarante/D.A Press
Foto: Alexandre Amarante/D.A Press

O líder do Democratas na Câmara dos Deputados, o deputado federal pernambucano Mendonça Filho, reiterou nesta quinta-feira (25) sua posição pela suspensão do recesso parlamentar para manter em funcionamento a CPMI da Petrobras. Para isso, o parlamentar está se articulando com outros líderes da oposição para adiar a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e garantir que não haja recesso no mês de julho.

O deputado acredita que após a Copa do Mundo haverá espaço para a discussão de temas importantes da CPMI, bem como a votação de temas de relevância, como o Projeto de Decreto Legislativo 1.491/2014 de sua autoria, que susta o decreto presidencial que cria os conselhos populares.

“Já firmamos uma posição e estamos levando essa posição a outros líderes da oposição no sentido que não vamos votar a Lei de Diretrizes orçamentárias para que possamos manter em funcionamento a CPMI e ao mesmo tempo avançar durante o recesso com relação a matérias de interesses nacionais”, disse reforçando que a CPMI começou a receber os autos da Operação Lava Jato, como dados da investigação sobre esquema lavagem de dinheiro no governo, incluindo a Petrobras, como escutas telefônicas e outros.

“Temos que organizar a agenda da Câmara e do Congresso como um todo em esforços concentrados priorizando a CPMI e matérias relevantes para a sociedade que devem ser deliberadas e votadas antes da eleição de outubro”, finalizou.

Com informações da assessoria de imprensa do Democratas

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.