• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

CPI da Petrobras » Gabrielli nega que Costa era seu homem de confiança

Agência Estado

Publicação: 25/06/2014 17:24 Atualização:

O ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli afirmou, em depoimento na CPI mista da Petrobras, que o ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa não era seu “homem de confiança” dentro da empresa. O ex-diretor está preso por envolvimento na Operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Federal. “As minhas relações com Paulo Roberto Costa são estritamente profissionais”, afirmou ele, em depoimento à CPI mista da Petrobras.

Em resposta ao questionamento feito pelo líder do PSDB na Câmara Antonio Imbassahy (BA), Gabrielli disse não ver nenhum problema no fato de ter se reunido, durante a sua gestão, com Costa, na presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff, na época ministra-chefe da Casa Civil e presidente do Conselho de Administração da Petrobras. “Não vejo nenhum problema de se fazer isso, não tem nenhuma significado a mais além das relações profissionais técnicas”, afirmou.

Gabrielli declarou que não tinha nenhum conhecimento das suspeitas dentro da estatal que estão sendo investigadas pela Polícia Federal. Ele ressalvou que a maior parte dos casos investigados refere-se a fatos posteriores à saída de Costa da Petrobras - ele deixou o cargo em 2012.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.