• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Saída de Cesar Borges » Dilma nega que tenha faltado lealdade do PR

Agência Estado

Publicação: 25/06/2014 14:50 Atualização:

Depois de ceder às pressões do PR e aceitar tirar César Borges do Ministério dos Transportes, a presidente Dilma Rousseff disse ao Broadcast Político que não faltou lealdade da sigla.

Borges foi minado pela própria cúpula do PR e deslocado para a Secretaria de Portos, até então ocupada por Antonio Henrique Silveira. A cúpula do PR reclamava que Borges não representava os interesses do partido. Questionada após a convenção nacional do PSD se havia faltado lealdade do PR, Dilma disse: "Óbvio que não."

Assediada por militantes do PSD, a presidente evitou comentar a troca no comando do Ministério dos Transportes. "Você acredita, querido, com essa situação aqui eu vou te dar entrevista? Eu vou beijar eles primeiro", respondeu, enquanto dava autógrafos e posava para fotos com populares presentes à convenção.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: marco crasto
Que ridículo! Dilminha, paz e amor. Engana que eu gosto. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.