• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » PDT do Rio decide lançar candidato próprio ao Senado

Agência Estado

Publicação: 24/06/2014 16:29 Atualização:

Insatisfeito com a entrada do DEM na aliança do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), com o lançamento do ex-prefeito Cesar Maia candidato a senador, o PDT decidiu lançar uma candidatura alternativa ao Senado, a do ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi. Presidente nacional do PDT, Lupi disse ter consultado o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e confirmado que partidos coligados podem lançar candidaturas diferentes a senador. "Não há hipótese de apoiarmos Cesar Maia para o Senado. A saída que encontrei será me lançar candidato. Vamos manter uma linha de coerência, com candidatura própria ao Senador e apoio a Pezão e à presidente Dilma Rousseff", disse Lupi na tarde desta terça-feira, 24.

O PDT está na chapa de Pezão com o candidato a vice-governador, deputado Felipe Peixoto. Além do DEM, PSDB e PPS entraram ontem na coligação do PMDB e abriram espaço para o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, na chapa majoritária de Pezão. "O problema não é nem o espaço para o Aécio, mas o fato de que Cesar Maia é assumidamente a cara da direita no Rio de Janeiro", justificou Lupi. Embora a convenção PDT-RJ já tenha sido realizada, foi deixada uma brecha para que a executiva estadual aprovasse mudanças, em caso de alteração no cenário das coligações. A executiva tem até o dia 30 de junho para aprovar a candidatura de Lupi senador.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.