• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bate-boca » Dilson Peixoto chama PSB de "arrogante e prepotente" O petista também saiu em defesa do aliado Armando Monteiro (PTB), chamado de "patrão" por socialista

Diario de Pernambuco

Publicação: 17/06/2014 14:19 Atualização: 17/06/2014 14:45

Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press/Arquivo
Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press/Arquivo
Um dos coordenadores da campanha de Armando Monteiro (PTB) para o governo do estado, o petista Dilson Peixoto disse que a Frente Popular (PSB) assumiu "uma postura arrogante e prepotente". O comentário veio em resposta aos socialistas, que acusaram o PTB de plágio do programa Todos por Pernambuco.
"Desde que passou a ocupar o poder, há sete anos, o PSB mudou. Mas a arrogância e a prepotência dos socialistas atingiu limites insuportáveis. Achar que qualquer programa com participação popular deve ser tachado de plágio é
demais. Como se ouvir o povo para governar fosse uma novidade do PSB", disparou Peixoto. Para justificar a tese, citou que a principal ferramenta de atuação popular em um governo foi o Orçamento Participativo, implantado no país pelo PT na década de 80, quando os primeiros prefeitos do partido venceram eleições municipais.
O petista lembrou ainda da declaração feita pelo deputado federal Danilo Cabral, que hoje afirmou em entrevista numa rádio local que Armando MOnteiro "é patrão e só sabe dialogar com empresários". Ele disse que, quando Armando estava na Frente Popular, ele era chamado de "empresário progressista". "Agora, só porque ele passou para outro lado, virou patrão, uma pessoa que não se preocupa com a população. O que não é verdade", rebateu.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.