• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Armando Monteiro » Os três alicerces do programa petebista são apresentados após as plenárias Após finalizar série de plenárias, Armando define saúde, educação e segurança pública como pontos principais da campanha eleitoral

Júlia Schiaffarino

Publicação: 17/06/2014 09:01 Atualização:

Petebista (C) apresentou balanço das plenárias, onde colheu propostas da sociedade. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press (Roberto Ramos/DP/D.A Press)
Petebista (C) apresentou balanço das plenárias, onde colheu propostas da sociedade. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press

Saúde, educação e segurança pública devem alicerçar o programa de governo do PTB em Pernambuco. O indicativo foi dado ontem pelo pré-candidato da legenda ao Palácio do Campo das Princesas, o senador Armando Monteiro, ao apresentar o balanço de uma série de plenárias que fez pelo estado. As três áreas são consideradas exitosas pelos socialistas. Inclusive, programas como Ganhe o Mundo e Pacto Pela Vida, além da construção das UPAs, vêm servindo de cartão de visitas do presidenciável Eduardo Campos como exemplos bem-sucedidos de políticas públicas. Porém, segundo os petebistas, foram os principais alvos de queixas da população. %u201CEssas questões são percebidas de forma muito forte%u201D, avaliou Armando.

A estratégia do senador, porém, foge ao ataque direto, principalmente porque, como ele mesmo lembrou durante a coletiva, o PTB era parte do governo do PSB até outubro do ano passado. Em vez disso, ele prefere adotar o discurso do "o que faltou ser feito"."Não vamos promover nenhuma desqualificação nem desconstrução. Reconhecemos que o governo promoveu avanços importantes. mas temos muito o que fazer para dizer que Pernambuco está com uma sociedade mais equilibrada e mais justa", completou, citando o fato da primeira promessa do adversário, Paulo Câmara (PSB), ter sido a construção de mais hospitais.

Alianças

Ao sair do programático para o partidário, o senador questionou a coerência da Frente Popular. Dentre outras coisas citou a reunião, em um mesmo palanque, do DEM e do PCdoB, por exemplo."É até difícil fazer discurso assim porque você corre sempre o risco de falar mal de alguém que está do seu lado".

A candidatura de Armando Monteiro conta hoje com cinco partidos aliados, já a Frente Popular contabiliza 20. %u201CUm conjunto político não se mede por um número de partidos em um palanque, mas pelo grau de consistência, coerência e identidade política e não tenho dúvidas que mesmo reunindo um número menor de partidos temos muito mais identidade e coerência%u201D, alfinetou.

Saiba mais

Principais pontos levantados pelo Pernambuco 14

Saúde
Foram citadas carências de técnicos e profissionais de saúde, bem como a necessidade de mais hospitais. Falou-se, ainda, da ausência de Instituto Médico Legal (IML) no interior

Educação
Destacou o elevado índice de analfabetismo do estado (16,73%, segundo o Censo 2010), além da deficiência na formação de técnicos

Segurança Pública
Houve queixas em relação à carência por delegacias da mulher no interior de Pernambuco; índices ainda elevados de violência e sensação de insegurança; insuficiência de efetivo policial e necessidade de modernização dos equipamentos da polícia.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.