• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mundial » Eduardo Campos assistirá ao jogo do Brasil na casa de Romário

Agência Estado

Publicação: 17/06/2014 08:00 Atualização: 17/06/2014 11:38

Foto: Roberto Pereira/SEI/Arquivo
Foto: Roberto Pereira/SEI/Arquivo
O pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, planeja assistir ao jogo de amanhã entre Brasil e México na casa do ex-jogador e deputado federal Romário, no Rio de Janeiro. Do mesmo partido de Campos, Romário é pré-candidato a uma vaga no Senado Federal.

Segundo a assessoria de Campos, familiares devem acompanhá-lo para assistir à segunda partida da seleção brasileira na Copa na casa do deputado. Romário, que defendeu a seleção no ano do tetracampeonato, em 1994, hoje é crítico da forma que o País se preparou para receber o Mundial. Em 2012, chegou a dizer que o governo estava "enganando o povo", que o País passaria "vergonha" pela falta de infraestrutura e que os atrasos nas obras levariam "ao maior roubo da história do Brasil".

O senador Aécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, irá assistir à partida com amigos em Belo Horizonte. De acordo com seus assessores, no entanto, o local não foi definido. Será, provavelmente, em um bar. A presidente Dilma Rousseff deve assistir à partida no Palácio da Alvorada, mas não foram divulgados detalhes, por exemplo, se ela terá companhia no horário do jogo.

Na primeira apresentação da seleção brasileira, contra a Croácia na última quinta-feira, 12, Dilma foi ao Itaquerão, em São Paulo para a cerimônia de abertura da Copa, onde foi vaiada e hostilizada pela torcida, com xingamentos. Campos assistiu àquela partida no Recife, com a família, e Aécio acompanhou do hospital em Laranjeiras, no Rio, com a mulher, Letícia Weber, que havia dado à luz a Julia e Bernardo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.