• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Copa » "A gente colhe o que planta", diz Eduardo Campos sobre vaias à Dilma

Larissa Rodrigues - Diario de Pernambuco

Publicação: 13/06/2014 23:32 Atualização: 14/06/2014 00:05

"Cada um colhe o que planta". Essa foi a avaliação do pré-candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) sobre as vaias e os xingamentos que a presidente Dilma Rousseff (PT) recebeu na abertura da Copa do Mundo, nesta quinta-feira (12).

O socialista afirmou, em entrevista a uma rádio de Cascavel, cidade do interior do Paraná: "há na sociedade um mau humor e uma insatisfação que se revela nesses momentos. Talvez a forma de expressar a discordância não tenha sido a melhor, mas o fato é que vale o ditado: na vida a gente colhe o que a gente planta", disse.

Eduardo Campos ressaltou que, nas visitas feitas a diversas cidades, tem percebido que "o Brasil parou de mudar para melhor". "A economia está vivendo situação de paralisia. Existe uma crise de confiança. O governo perdeu a confiança dos agentes econômincos e botou o país para vivenciar novamente a inflação, com taxa de juros lá em cima", criticou.

O pré-candidato também disse que a política de entregar pedaços do estado a partidos políticos está velha e defendeu reformas. PPS, PHS, PCB já estão coligados com Eduardo Campos.

O socialista finalizou destacando que o "Paraná tem dado muito ao Brasil e recebido pouco por causa de brigas políticas". Campos prometeu construir ferrovias ligando as fronteiras do estado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.