• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

O dobro » Lula aparece mais que Dilma em propaganda do PT nacional

Agência O Globo

Publicação: 11/06/2014 09:11 Atualização: 11/06/2014 11:01

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ocupa o dobro do tempo da presidente Dilma Rousseff nas novas propagandas do PT, lançadas na TV ontem à noite. Lula pede nos comerciais que os eleitores comparem o Brasil de antes e depois dos 12 anos da gestão petista. Os três comerciais deixam para trás a ?estratégia do medo?, adotada pelo marqueteiro João Santana na propaganda de maio, quando se insinuava que um eventual fim do governo petista colocaria em risco avanços econômicos e conquistas sociais. Na ocasião, o comercial foi batizado de "Fantasmas do passado".

Com um discurso em "off", Lula estrela o maior comercial lançado ontem, com duração de um minuto. Já a presidente Dilma aparece de relance na peça e fica com outra propaganda, de 30 segundos. Os outros 30 segundos da inserção partidária são ocupados por um comercial sem "estrelas", em que um narrador fala sobre crescimento e distribuição de renda. "Não basta crescer no mundo dos economistas. É preciso crescer na vida das pessoas", diz a propaganda petista.

O comercial de Lula traz trecho do encontro nacional do PT realizado em janeiro em Brasília. "Qual o país que cresceu mais a renda do que nós, qual o país que gerou mais emprego com carteira assinada do que nós", diz Lula, elencando dados de desenvolvimento do Brasil. "É este país que nós temos de fazer a comparação, para a gente mostrar o que era o país e o que o país virou hoje".

Em seus 30 segundos, Dilma diz: "Já vencemos a luta mais importante, a do emprego e a do salário". E afirma que o momento é de "ampliar as oportunidades para todos" e investir em infraestrutura, Educação, Saúde e Segurança Pública.

Em todos os eventos públicos dos quais tem participado, Lula insiste que os petistas promovam a comparação entre a gestão do PT, iniciada em 2003, e a do ex-presidente Fernando Henrique.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.